Monte
sua
prova

Selecione as melhores questões em nosso banco de atividades

Começar
Entendi! Quero começar!

Filtrar

Organize sua prova

Arraste suas questões e solte-as aqui.

Arraste
e solte aqui

Escolha suas questões abaixo

Ápis - Geografia - 4º ano - BY NC 3.0BR

Observe abaixo a representação que foi feita de um lugar.

Assinale com X a alternativa que indica uma informação correta sobre a técnica usada para elaborar a representação.



( a )

A técnica usada é a elaboração de um croqui cartográfico: um desenho simplificado que mostra todos os elementos da imagem de satélite. 

( b )

A técnica usada é a elaboração de uma planta: um desenho detalhado das ruas e dos quarteirões geralmente na visão vertical. 

( c )

A técnica usada é a elaboração de uma planta pictórica: um desenho simplificado que mostra os elementos mais importantes de um lugar. 

( d )

A técnica usada é a imagem de satélite: uma imagem produzida por um satélite na visão vertical.

Resposta:

Resposta - B

Objeto de conhecimento (BNCC) Elementos constitutivos dos mapas

Habilidade (BNCC) (EF04GE10) Comparar tipos variados de mapas, identificando suas características, elaboradores, finalidades, diferenças e semelhanças.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A O aluno que assinala esta alternativa não compreende o que é um croqui e não identifica que o lugar está sendo representado por meio de uma planta.

B O aluno que assinala esta alternativa compreende o que é uma planta e identifica que o lugar está sendo representado por meio de uma planta.

C O aluno que assinala esta alternativa não compreende o que é uma planta pictórica e não identifica que o lugar está sendo representado por meio de uma planta.

D O aluno que assinala esta alternativa compreende o que é uma imagem de satélite, mas não identifica que o lugar está sendo representado por meio de uma planta.

Ápis - História - 1º ano - BY NC 3.0BR

QUANDO PEDRO ERA MENOR, GOSTAVA DE BRINCAR DE PIQUE-ESCONDE COM O SEU AVÔ. HOJE ELE TEM 12 ANOS, GOSTA DE MEXER NO CELULAR E ASSISTIR À TELEVISÃO. PEDRO FICA IMAGINANDO QUE SERÁ UM JOGADOR DE FUTEBOL QUANDO CRESCER.

MARQUE UM X NAS TAREFAS QUE PEDRO FAZIA NO PASSADO E IMAGINA FAZER NO FUTURO:



( a )

JOGAR FUTEBOL E ASSISTIR À TELEVISÃO. 

( b )

BRINCAR DE PIQUE-ESCONDE E JOGAR FUTEBOL. 

( c )

ASSISTIR À TELEVISÃO E BRINCAR DE PIQUE-ESCONDE. 

( d )

BRINCAR DE PIQUE-ESCONDE E MEXER NO CELULAR.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) As fases da vida e a ideia de temporalidade (passado, presente, futuro)

Habilidade (BNCC) (EF01HI01) Identificar aspectos do seu crescimento, por meio do registro das lembranças particulares ou de lembranças dos membros de sua família.

Tipo de questão Múltipla escolha Capítulo 1

Justificativa

A O aluno não compreendeu a relação entre a sucessão temporal por meio das fases da vida, pois ele parte do futuro para o presente.

B O aluno compreendeu a relação entre a sucessão temporal e as fases da vida.

C O aluno confunde as fases da vida com a sucessão temporal.

D O aluno compreendeu a sucessão das fases da vida, mas não conseguiu extrapolá-las a ponto de relacioná-las à temporalidade.

Ápis - História - 4º ano - BY NC 3.0BR

O desenvolvimento de grandes cidades ao longo do tempo é um exemplo de como os seres humanos provocam numerosas modificações na natureza e geram diversos impactos ao meio ambiente.

Alguns impactos podem ser considerados positivos, porém a derrubada de florestas pode gerar impactos negativos, como: 



( a )

aumento na produção de alimentos no campo. 

( b )

controle da produção de alimentos. 

( c )

desaparecimento de espécies de vegetação. 

( d )

desenvolvimento de grandes cidades.

Resposta:

Resposta C

Objeto de conhecimento (BNCC) A circulação de pessoas e as transformações no meio natural

Habilidade (BNCC) (EF04HI04) Identificar as relações entre os indivíduos e a natureza e discutir o significado do nomadismo e da fixação das primeiras comunidades humanas.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A O aluno que selecionou essa alternativa acredita que o aumento de produção seja um aspecto negativo da derrubada das florestas, desconsiderando que o aumento de produção é importante para o desenvolvimento e a sobrevivência dos seres humanos.

B O aluno que selecionou essa alternativa acredita que o controle de produção de alimentos seja um aspecto negativo, desconsiderando que isso é importante para o desenvolvimento da agricultura.

C O aluno identificou corretamente o aspecto negativo da derrubada das florestas, como interferência no meio ambiente.

D O aluno que selecionou essa alternativa acredita que o desenvolvimento de grandes cidades seja um dos aspectos negativos da derrubada de florestas, desconsiderando que esse fator é importante para o desenvolvimento dos seres humanos e a vida em sociedade.

Ápis - História - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto abaixo e depois responda ao que se pede.

Muitos grupos indígenas que vivem hoje no Brasil ainda se utilizam da caça e da pesca e levam uma vida mais tradicional, mas também existem indígenas que usam computador, falam português e se dedicam à política.

O modo de vida das sociedades se transforma com o passar do tempo, e isso também ocorre com os grupos indígenas. Muitos deles vivem hoje em casas com luz elétrica e aparelhos de som; outros frequentam universidades, e há aqueles que são professores e ensinam as línguas indígenas.

É importante lembrar que muitos indígenas ainda mantêm sua cultura viva, pois mesmo morando em cidades voltam muitas vezes às terras de seu grupo para fazer seus rituais, praticar a caça e a pesca e falar sua língua de origem, como faziam seus antepassados. Alguns grupos vivem em contato com os não indígenas, mas buscam preservar suas tradições. Os não indígenas também adquiriram uma série de costumes que vieram da Europa e dos Estados Unidos. Dessa forma os grupos sociais se misturam e se fortalecem.

SOARES, A. Original cedido pela autora.

De acordo com o texto, por que as relações sociais entre indígenas e não indígenas são importantes? Marque com um x a alternativa correta.



( a )

As comunidades de não indígenas podem adquirir hábitos dos indígenas, como morar em ocas, por exemplo. 

( b )

Os grupos sociais geralmente não misturam suas culturas e tradições com as de outras comunidades. 

( c )

Muitos grupos indígenas estão integrados à vida das cidades, mas procuram manter vivas suas tradições e sua cultura. 

( d )

As comunidades mudam muito convivendo umas com as outras, mas absorvem somente a cultura dos europeus.

Resposta:

Resposta: c

Objeto de conhecimento (BNCC) O “Eu”, o “Outro” e os diferentes grupos sociais e étnicos que compõem a cidade: os desafios sociais, culturais e ambientais da cidade em que se vive

Habilidade (BNCC) (EF03HI03) Identificar e comparar pontos de vista em relação a eventos significativos do local em que vive, aspectos relacionados a condições sociais e à presença de diferentes grupos sociais e culturais, com especial destaque para as culturas africanas, indígenas e de migrantes.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A. O aluno não fez a correta leitura do texto, pois a situação relatada na alternativa não aparece no texto.

B. O aluno não fez a leitura correta do texto, pois há indicações claras que há mistura entre culturas e que essa mistura favorece as relações.

C. O aluno compreendeu as relações sociais estabelecidas entre os diferentes grupos sociais e percebeu que elas podem ser benéficas para o fortalecimento desses conjuntos de pessoas.

D. O aluno entendeu parcialmente a questão, pois a alternativa explicita que os povos não indígenas assimilaram muito da cultura dos europeus, mas mesmo assim muitos não abriram mão da sua cultura.

Ápis - Ciências - 1º ano - BY NC 3.0BR

OBSERVE AS FASES DE DESENVOLVIMENTO DO MILHO.

AS FASES DE DESENVOLVIMENTO DO MILHO, NA ORDEM EM QUE ESTÃO APRESENTADAS NAS FOTOS, MEDEM CERCA DE: 0,7 CENTÍMETROS, 10 CENTÍMETROS E 2 METROS.

ELEMENTOS REPRESENTADOS EM TAMANHOS NÃO PROPORCIONAIS ENTRE SI.

QUAIS SERIAM AS FASES DE DESENVOLVIMENTO REPRESENTADAS PELAS INTERROGAÇÕES?



( a )

MUDA E PLANTA ADULTA.

( b )

MUDA E PLANTA JOVEM.

( c )

GRÃO COM SEMENTE GERMINANDO E PLANTA ADULTA.

( d )

GRÃO COM SEMENTE GERMINANDO E PLANTA JOVEM.

Resposta:

Resposta:D

Objeto de conhecimento Plantas

Habilidade Conhecer o ciclo de vida do milho.

Tipo de questão Múltipla escolha Capítulo 1

Justificativa

A. O aluno que seleciona esta alternativa não compreende que a primeira interrogação representa a fase de semente germinando no grão de milho e não de muda e que a segunda interrogação representa a fase de planta jovem e não a de planta adulta.

B. O aluno que seleciona esta alternativa não compreende que a primeira interrogação representa a fase de semente germinando no grão de milho e não de muda.

C. O aluno que seleciona esta alternativa não compreende que a segunda interrogação representa a fase de planta jovem e não a de planta adulta.

D. O aluno que seleciona esta alternativa compreende que a primeira interrogação representa a fase de semente germinando no grão de milho e que a segunda interrogação representa a fase de planta jovem.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode levar para a sala de aula grãos de milho e germinar as sementes, com os alunos, em um copinho com algodão. Após a germinação, o professor e os alunos podem fazer o plantio em algum local da escola e acompanhar o desenvolvimento da planta ao longo do tempo, de forma que os alunos possam ver as fases de desenvolvimento do milho na prática.

Ápis - Matemática - 4º ano - BY NC 3.0BR

Mateus descobriu que o estado de Sergipe tem medida de área de 21 918 quilômetros quadrados. Se ele arredondar este número para a unidade de milhar exata mais próxima, irá obter:



( a )

21 900 quilômetros quadrados. 

( b )

21 000 quilômetros quadrados. 

( c )

22 000 quilômetros quadrados. 

( d )

21 920 quilômetros quadrados.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Sistema de numeração decimal: leitura, escrita, comparação e ordenação de números naturais de até cinco ordens.

Habilidade (BNCC) (EF04MA01) Ler, escrever e ordenar números naturais até a ordem de dezenas de milhar.

Tipo de questão Múltipla escolha Unidade 1

Justificativa

a O aluno pode ter feito o arredondamento para a centena exata mais próxima.

b O aluno fez o arredondamento para a unidade de milhar exata, mas não observou que o algarismo da ordem das centenas é 9 e, então, a unidade de milhar exata mais próxima é 22 000.

c O aluno fez corretamente o arredondamento para a unidade de milhar exata mais próxima.

d O aluno pode ter feito o arredondamento para a dezena exata mais próxima.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Mostre ao aluno as medidas da área de diferentes estados brasileiros e mapas desses estados, incluindo o estado onde ele mora. Depois, peça ao aluno que faça aproximações dos números para a centena exata, unidade de milhar exata ou dezena de milhar exata mais próxima. A reta numerada pode ser utilizada como apoio para essa atividade.

Ápis - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Releia a frase da fábula.

Saltou, saltou, tentou subir na parreira [...]

Assinale a alternativa mais adequada para indicar a ideia que a repetição “saltou, saltou” traz para o texto.



( a )

Demonstra que a raposa, além de comer, queria brincar. 

( b )

Mostra o esforço da raposa para pegar as uvas. 

( c )

Mostra que a raposa se esforçava pouco para conseguir o que queria. 

( d )

Demonstra que a raposa nunca tinha saltado.

Resposta:

Resposta: B

Objeto de conhecimento (BNCC) Deduções e inferências de informações Reflexão sobre procedimentos estilísticos-enunciativos do texto

Habilidade (BNCC) (EF04LP10) Inferir informações implícitas em textos. (EF04LP16) Inferir relações de causalidade que não aparecem de modo explícito no texto.

Tipo de questão Múltipla escolha

Justificativa (Destaque em amarelo na letra da alternativa correta)

A A escolha dessa alternativa pode indicar total incompreensão do texto, pois em momento algum há indicação de brincadeira.

B Alternativa correta; o aluno infere que a repetição traz para o texto efeito de sentido de expressar o grande esforço da raposa.

C A escolha dessa alternativa indica total incompreensão do contexto: estar faminta e por isso precisar alcançar as uvas. Daí o esforço.

D A escolha dessa alternativa pode indicar incompreensão do texto, pois não há dado no texto que sustente essa ideia.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

Essa questão avalia a dedução de efeitos de sentido de recursos estilísticos empregados no texto. Ao mesmo tempo avalia a relação de causa e efeito na ação da raposa. Em leituras compartilhadas, o aluno deve ser estimulado a perceber recursos estilísticos, principalmente em textos literários, e deduzir/inferir o efeito de sentido que esses recursos trazem para o texto. É importante que esse tipo de atividade seja realizada sistematicamente, pois é fundamental para o desenvolvimento do leitor pleno.

Ápis - Matemática - 2º ano - BY NC 3.0BR

OBSERVE AS MOEDAS QUE BERNARDO JUNTOU EM 1 SEMANA.

ELE TROCOU ESSAS MOEDAS POR 1 ÚNICA NOTA. QUAL FOI ESSA NOTA?



( a )

( b )

( c )

( d )

Resposta:

Resposta: B

Objeto de conhecimento (BNCC) Sistema monetário brasileiro: reconhecimento de cédulas e moedas e equivalência de valores.

Habilidade (BNCC) (EF02MA20) Estabelecer a equivalência de valores entre moedas e cédulas do sistema monetário brasileiro para resolver situações cotidianas.

Tipo de questão Múltipla escolha

Unidade 1

Justificativa

A. O aluno pode ter contado apenas a primeira fileira de moedas de R$ 1,00 ou não relacionou as 10 moedas de R$ 1,00 à nota que representa esse valor total.

B. O aluno associou corretamente as 10 moedas de R$ 1,00 a 1 nota de R$ 10,00.

C. O aluno pode ter contado errado as moedas de R$ 1,00 ou ter feito a associação errada com a nota de R$ 20,00.

D. O aluno pode não ter estabelecido corretamente a equivalência entre notas e moedas do dinheiro brasileiro.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Conte ao aluno um pouco da história do dinheiro e converse com ele sobre os valores das notas e das moedas e da importância de ser possível estabelecer equivalências entre eles. Crie situações de compra e venda para o aluno representar determinado valor utilizando as notas e as moedas do dinheiro de brinquedo. É possível também apresentar situações simples de troco.

Ápis - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

OBSERVE A IMAGEM.

O NOME DO ANIMAL DA FIGURA É:



( a )

ASPO.

( b )

SAPO.

( c )

POSA.

( d )

APOS.

Resposta:

Resposta: B

Objeto de conhecimento BNCC Consciência grafofonêmica

Habilidade (BNCC) (EF01LP31) Reconhecer que alterações na ordem escrita dos grafemas provocam alterações na composição e no significado da palavra, fazendo corresponder fonemas e grafemas.

Tipo de questão Múltipla escolha

Justificativa (Destaque em amarelo na letra da alternativa correta)

A. O aluno não percebe a alteração da posição das letras/grafemas como elemento distintivo entre palavras.

B. O aluno identifica a palavra correta representada por letras/grafemas em ordem correta.

C. O aluno não percebe a alteração da posição das letras/grafemas como elemento distintivo entre palavras.

D. O aluno não percebe a alteração da posição das letras/grafemas como elemento distintivo entre palavras.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É importante que o aluno trabalhe com comutação de letras/grafemas em mesma posição nas palavras – oralmente e por escrito – para que perceba que a posição é um elemento distintivo e que agrega significado. Esse conteúdo deve ser trabalhado sistematicamente, sobretudo no 1º ano com jogos e o alfabeto móvel. O aluno deve associar ao mesmo tempo o som correspondente para que posteriormente observe que a troca de posição altera o som da letra (SACA/CASA). Esse trabalho é fundamental para a preparação da apropriação da ortografia.

Ápis - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Leia o trecho deste texto

Como comecei a escrever

Durante o meu curso de ginasio, fui estimulado pelo fato de ser sempre dos melhores em portugues e dos piores em matematica — o que, para mim, significava que eu tinha jeito para escritor.

Fernando Sabino. Como comecei a escrever. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2017.

No texto de Fernando Sabino, as palavras em destaque estão sem acento. A forma correta de grafar essas palavras é: 



( a )

ginásio, português, matemática. 

( b )

gínasio, português, matemática. 

( c )

ginásio, portúgues, matemática. 

( d )

gínasio, portúguês, matématica.

Resposta:

Resposta - A

Objeto de conhecimento (BNCC) Acentuação ]

Habilidade (BNCC) (EF05LP28) Acentuar corretamente palavras oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas

Tipo de questão Múltipla escolha

Justificativa

A - O aluno conhece a forma correta de acentuar as sílabas tônicas das palavras.

B - O aluno que escolhe essa alternativa como a correta apresenta dificuldade em relacionar a tonicidade da palavra, uma paroxítona, confundindo-a com uma palavra proparoxítona como “matemática”.

C - O aluno apresenta dificuldade em relacionar o uso do acento gráfico com a sílaba tônica da palavra quando pronunciada.

D - O aluno que assinala essa alternativa não compreendeu a relação entre tonicidade da sílaba e o uso do acento gráfico.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Estimular o reconhecimento da sílaba tônica das palavras na fala. Estimular o reconhecimento da regularidade quanto à posição da sílaba tônica nas palavras em língua portuguesa, marcando, na leitura de um texto qualquer, as sílabas tônicas de todas as palavras para que percebam que a maioria é paroxítona. Mediar a elaboração de listas de palavras oxítonas acentuadas para que não sejam pronunciadas como paroxítonas. Mediar a elaboração de listas de palavras proparoxítonas para que se conclua que todas elas são acentuadas.

Ápis - PNLD 2019 Interdisciplinar - 5º ano - BY NC 3.0BR

As imagens abaixo mostram uma cidade tailandesa antes e depois de um evento conhecido como tsunami, que é uma onda gigante, vinda do oceano, que invade o continente.

Considerando o tipo de informação que essas imagens mostram, é correto dizer que elas foram obtidas utilizando um(a):



( a )

binóculo.

( b )

satélite.

( c )

microscópio.

( d )

lupa.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Mapas e imagens de satélite

Habilidade (BNCC) (EF05GE08) Analisar transformações de paisagens nas cidades, comparando sequência de fotografias, fotografias aéreas e imagens de satélite de épocas diferentes.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 3

Justificativa

A. O estudante que selecionou esta alternativa não identificou que o binóculo é usado para ver imagens que estão longe, mas não faz registros fotográficos a partir de altitudes como os mostrados nas imagens.

B. O estudante que selecionou esta alternativa identificou corretamente que as imagens apresentadas foram obtidas por meio de um satélite a uma certa distância da superfície terrestre.

C. O estudante que selecionou esta alternativa não identificou que o microscópio é um instrumento utilizado para ampliar imagens de corpos muito pequenos, vistos a pequenas distâncias.

D. O estudante que selecionou esta alternativa não identificou que a lupa é usada geralmente para ampliar imagens de corpos de tamanho relativamente pequeno, que não estão muito distantes.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode mostrar aos estudantes sites com imagens de satélite de vários lugares do mundo. Outra possibilidade é levar fotografias aéreas e imagens de satélite para mostrar aos estudantes.

Ápis - Geografia - 1º ano - BY NC 3.0BR

AS IMAGENS ABAIXO MOSTRAM CÔMODOS DE UMA MORADIA.

QUAL DAS IMAGENS MOSTRA O CÔMODO QUE PARECE MAIS ADEQUADO PARA SE FAZER UMA REFEIÇÃO? 



( a )

A IMAGEM 1, PORQUE MOSTRA UMA MESA.

( b )

A IMAGEM 2, PORQUE MOSTRA UMA JANELA. 

( c )

A IMAGEM 2, PORQUE MOSTRA VÁRIAS ALMOFADAS. 

( d )

NENHUM DOS DOIS CÔMODOS.

Resposta:

Resposta A

Objeto de conhecimento (BNCC) O modo de vida das crianças em diferentes lugares

Habilidade (BNCC) (EF01GE01) Descrever características observadas de seus lugares de vivência (moradia, escola etc.) e identificar semelhanças e diferenças entre esses lugares.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A O aluno que assinala esta alternativa observou características de um dos cômodos de uma moradia em que se faz refeições, como pedido no enunciado, e identificou a mesa como objeto importante para essa atividade.

B O aluno que assinala esta alternativa não observou características de um dos cômodos de uma moradia em que se faz refeições, como pedido no enunciado, e levou em consideração uma característica secundária, a janela.

C O aluno que assinala esta alternativa não observou características de um dos cômodos de uma moradia em que se faz refeições, como pedido no enunciado, e levou em consideração uma característica secundária, as almofadas.

D O aluno que assinala esta alternativa não observou características de um dos cômodos de uma moradia em que se faz refeições, como pedido no enunciado.

Ápis - História - 2º ano - BY NC 3.0BR

OBSERVE A IMAGEM A SEGUIR E DEPOIS RESPONDA À PERGUNTA.

QUAL A UTILIDADE DO DOCUMENTO APRESENTADO NA IMAGEM? MARQUE COM UM X A RESPOSTA CORRETA. 



( a )

PERMITE QUE UMA PESSOA POSSA VOTAR. 

( b )

PERMITE QUE UMA PESSOA POSSA DIRIGIR. 

( c )

REGISTRA AS VACINAS QUE UMA PESSOA TOMA. 

( d )

PERMITE QUE UMA PESSOA POSSA TRABALHAR.

Resposta:

Resposta: A

Objeto de conhecimento (BNCC) A noção do “Eu” e do “Outro”: registros de experiências pessoais e da comunidade no tempo e no espaço

Habilidade (BNCC) (EF02HI04) Selecionar e comparar objetos e documentos pessoais como fontes de memórias e histórias nos âmbitos pessoal, familiar e escolar.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A. O aluno, ao marcar essa alternativa, identificou corretamente que o documento em questão é o título de eleitor, que possibilita ao cidadão brasileiro, maior de idade, o direito de votar.

B. O aluno que escolheu essa alternativa não identificou que o documento apresentado é o título de eleitor, e confundiu com a carteira de motorista, documento necessário para dirigir.

C. O aluno que escolheu essa alternativa não identificou o documento mostrado como título de eleitor e não compreendeu que o título de eleitor não está ligado a vacinação, confundindo o documento com a caderneta de vacinação.

D. O aluno que escolheu essa alternativa não identificou o documento da imagem como título de eleitor e não compreendeu que o documento a ser utilizado no mercado de trabalho é a carteira de trabalho.

Avaliação Integrada de Aprendizagem - PNLD 2020 Interdisciplinar - 6º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto para responder à questão.

A cumbuca de ouro e os marimbondos

Havia dois homens, um rico e outro pobre, que gostavam de fazer peças um ao outro. Foi o compadre pobre à casa do rico pedir um pedaço de terra para fazer uma roça. O rico, para fazer peça ao outro, lhe deu a pior terra que tinha. Logo que o pobre teve o sim, foi para casa dizer à mulher, e foram ambos ver o terreno. Chegando lá nas matas, o marido viu uma cumbuca de ouro, e, como era em terras do compadre rico, o pobre não a quis levar para casa, e foi dizer ao outro que em suas matas havia aquela riqueza. O rico ficou logo todo agitado, e não quis que o compadre trabalhasse mais nas suas terras. Quando o pobre se retirou, o outro largou-se com a sua mulher para as matas a ver a grande riqueza. Chegando lá, o que achou foi uma grande casa de marimbondos; meteu-a numa mochila e tomou o caminho do mocambo do pobre, e logo que o avistou, foi gritando:

— Ó, compadre! Fecha as portas, e deixa somente uma banda da janela aberta!

O compadre assim fez, e o rico, chegando perto da janela, atirou a casa de marimbondos dentro da casa do amigo e gritou:

— Fecha a janela, compadre!

Mas os marimbondos bateram no chão, transformaram-se em moedas de ouro, e o pobre chamou a mulher e os filhos para as ajuntar. O ricaço gritava então:

— Ó, compadre, abra a porta!

Ao que o outro respondia:

— Deixe-me, que os marimbondos estão me matando!

E assim ficou o pobre rico, e o rico ridículo.

LISBOA, Henriqueta. Literatura oral para a infância e a juventude: lendas, contos e fábulas populares do Brasil. São Paulo: Peirópolis, 2002. p. 125-126.

Glossário Cumbuca – vaso feito de fruto da cuieira, em cuja parte superior se faz um furo. Mocambo – habitação precária; barraco; casebre.

Releia o seguinte trecho.

Havia dois homens, um rico e outro pobre, que gostavam de fazer peças um ao outro.

Como a expressão destacada poderia ser usada na linguagem informal?



( a )

Elogiar um ao outro.

( b )

Aplaudir um ao outro.

( c )

Enganar um ao outro.

( d )

Ludibriar um ao outro.

Resposta:

Apesar de ser um conto popular, a versão de Henriqueta Lisboa apresenta um registro mais formal. A expressão “fazer peças um ao outro” pode ser substituída por “enganar um ao outro”, empregando um verbo da linguagem coloquial. Os termos elogiar e aplaudir não apresentam o mesmo sentido. O verbo ludibriar é mais característico da linguagem formal.

Nível: fácil

Objetivos operacionais: identificar o uso de linguagem formal no texto; realizar a substituição de expressão mais formal por uma de caráter menos formal.

Avaliação Integrada de Aprendizagem - PNLD 2020 Interdisciplinar - 8º ano - BY NC 3.0BR

O texto a seguir é uma crônica de Carlos Drummond de Andrade.

O que dizem as camisetas

Apareceram tantas camisetas com inscrições, que a gente estranha ao deparar com uma que não tenha nada escrito.

[...]

Vi na rua Sete de Setembro um homem que trazia a inscrição “Guiné-pipi” na frente e nas costas.

— Candidato a vereador? – perguntei. — De que partido?

— Não, senhor. Erva contra reumatismo. Quer experimentar? É um porrete. Trago para o senhor uma amostra da fábrica, lá de Cordovil.

— Obrigado, amigo. O Dr. Nava já cuida do meu.

— Mas qualquer problema, o senhor não tenha cerimônia. É só dizer, que eu falo com os colegas, conforme o caso. Ou o senhor mesmo fala, se encontrar com um deles.

— E como é que eu vou saber?

— Pela camiseta, é claro. Tem o Cipó-Azougue, que é um balaço contra eczema, aliás, pessoalmente, é um cara ótimo. O Beldroega (faz pouco ele passou por aqui) toma conta do fígado e depura o sangue. Do Sete-Folhas, que é até meu vizinho, vejo que o senhor não carece, pois é para emagrecer. Agora, convém não esquecer o Boldo. Lá um dia a gente tem uma ressaca, e o Boldo resolve.

Vi que as camisetas da medicina natural são numerosas, mas as de uísques, vinhos alemães, motos, motéis, cigarros, antigripais, cursinhos, judô, budismo, loteria, jogo de búzios, etc. não fazem por menos. Hoje em dia não há produto que não tenha, além dos comunicadores remunerados, outros absolutamente gratuitos, e estes são maioria. Todo mundo anuncia alguma coisa, e a camiseta é o cartaz na pele. Sendo de notar que há tendência para anunciar até no bumbum. Mas este é um ramo ainda experimental. [...]

Não há mais condições para gravar palavras eternas em muros de catedral. Hoje estampam-se recados em camisetas descartáveis. Como esta crônica.

ANDRADE, Carlos Drummond de. O que dizem as camisetas. In: Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987. Adaptado. 

Glossário Reumatismo – denominação de enfermidades que causam inflamação e dores nas articulações e nos músculos. Balaço – tiro de bala. Eczema – anormalidade da pele que se caracteriza por reação alérgica inflamatória, com formação de vesículas e crostas. Remunerado – que recebe remuneração, salário. 

Releia o seguinte trecho.

Hoje em dia não há produto que não tenha, além dos comunicadores remunerados, outros absolutamente gratuitos [...].

Qual circunstância a expressão destacada indica? 



( a )

posse 

( b )

lugar 

( c )

companhia 

( d )

tempo

Resposta:

A expressão em destaque – Hoje em dia – é uma locução adverbial que indica circunstância de tempo.

Ápis - Ciências - 2º ano - BY NC 3.0BR

NUMERE AS IMAGENS DE 1 A 3, INDICANDO A SEQUÊNCIA EM QUE SE DÁ O DESENVOLVIMENTO DE UMA GALINHA DESDE O OVO. DEPOIS, ESCOLHA QUAL DAS ALTERNATIVAS ABAIXO MELHOR INDICA A SUCESSÃO DE FASES DE DESENVOLVIMENTO DESSE SER VIVO.



( a )

1; 3; 2.

( b )

2; 3; 1.

( c )

3; 2; 1.

( d )

2; 1; 3.

Resposta:

Resposta: B

Objeto de conhecimento Seres vivos no ambiente.

Habilidade (EF02CI04) Descrever características de plantas e animais (tamanho, forma, cor, fase da vida, local onde se desenvolvem etc.) relacionadas à sua vida cotidiana.

Tipo de questão Múltipla escolha Capítulo 2

Justificativa

A. O aluno que seleciona essa alternativa ignora que a fase de ovo antecede a fase de filhote.

B. O aluno que seleciona essa alternativa compreendeu as fases de desenvolvimento das galinhas: fase de ovo, filhote e fase adulta.

C. O aluno que seleciona essa alternativa não diferencia a sucessão de fase de filhote para adulto.

D. O aluno que seleciona essa alternativa desconhece as fases do desenvolvimento desse ser vivo ou não compreende a ordem em que elas ocorrem.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode apresentar vídeos sobre as principais fases do desenvolvimento de alguns animais, dando ênfase para aqueles que nascem a partir de ovos. Em seguida, com os alunos, pode ser feito um registro coletivo do que foi discutido. Pode-se também promover um trabalho em equipe para que os alunos levantem informações sobre o desenvolvimento de diferentes animais. Cada equipe pode buscar imagens das fases de desenvolvimento de diferentes seres vivos, por exemplo: insetos, mamíferos, peixes, aves. Ao final, as fases de desenvolvimento dos diversos animais podem ser comparadas.

Ápis - PNLD 2019 Interdisciplinar - 4º ano - BY NC 3.0BR

Observe a fotografia de uma paisagem ao amanhecer, na qual vemos uma praça com gramado em primeiro plano, uma cidade em segundo plano e o Rio Xingu ao fundo.

Utilize seus conhecimentos sobre a direção das sombras e sobre os pontos cardeais para escolher a alternativa correta. 



( a )

A praça está ao norte da cidade. 

( b )

A praça está ao sul da cidade. 

( c )

A praça está a leste da cidade. 

( d )

A praça está a oeste da cidade.

Resposta:

Resposta B

Objeto de conhecimento (BNCC) Sistema de orientação

Habilidade (BNCC) (EF04GE09) Utilizar as direções cardeais na localização de componentes físicos e humanos nas paisagens rurais e urbanas.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A O estudante confundiu o lado leste com o oeste.

B O estudante orientou-se com base na referência da localização do Sol: como está amanhecendo, o Sol está mais para o leste e as sombras projetadas, mais para o oeste. Assim, a fazenda fica ao sul da cidade.

C O estudante confundiu os pontos cardeais.

D O estudante confundiu os pontos cardeais.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode levar os estudantes para uma área aberta da escola, onde eles observarão a posição do Sol no céu. Em seguida, pode iniciar uma série de perguntas, por exemplo: Qual direção está à frente de vocês?; A entrada da escola está em que direção em relação à padaria ou à praça?; O banheiro está em que direção em relação à cantina?

Ápis - Ciências - 3º ano - BY NC 3.0BR

A figura a seguir mostra uma coruja

Coruja. Mede cerca de 50 cm de envergadura.

Uma característica desse animal, que pertence ao grupo das aves, é: 



( a )

Ter dois pares de asas. 

( b )

Alimentar-se apenas de plantas e frutos. 

( c )

Reproduzir-se por meio de ovos. 

( d )

Ser capaz de se locomover por meio de nadadeiras.

Resposta:

Resposta C

Objeto de conhecimento Características e desenvolvimento dos animais

Habilidade (EF03CI04) Identificar características sobre o modo de vida (o que comem, como se reproduzem, como se deslocam etc.) dos animais mais comuns no ambiente próximo.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

a O aluno que seleciona esta alternativa não consegue identificar que a coruja apresenta apenas um par de asas.

b O aluno que seleciona esta alternativa não sabe que a coruja se alimenta de outros animais.

c O aluno que seleciona esta alternativa compreende que as aves se reproduzem por meio de ovos.

d O aluno que seleciona esta alternativa não compreende que a coruja se locomove por meio de asas e pernas, e não por nadadeiras.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode fazer um passeio com os alunos pelo entorno da escola e pedir que identifiquem características relacionadas ao modo de vida dos animais que encontrarem pelo caminho.

Ápis - História - 5º ano - BY NC 3.0BR

Na Constituição do Brasil está escrito que a administração do país não deve estar nas mãos de uma única pessoa ou instituição, porque isso poderia levar a abusos. Para garantir que o governo do país seja democrático, a Constituição estabelece que o poder seja dividido entre várias pessoas e órgãos. Por isso, temos no Brasil a divisão em três poderes, o Poder Executivo, o Poder Legislativo e o Poder Judiciário.

Com a leitura do texto, é possível perceber que a administração do Brasil está dividida em três poderes com o objetivo de termos um Estado



( a )

autoritário.

( b )

frágil.

( c )

democrático.

( d )

desorganizado.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) As formas de organização social e política: a noção de Estado

Habilidade (BNCC) (EF05HI02) Identificar os mecanismos de organização do poder político com vistas à compreensão da ideia de Estado.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A O aluno que selecionou essa alternativa não percebeu que a separação do Estado em três poderes é oposta ao autoritarismo, já que evita que apenas um indivíduo controle todas as decisões importantes do país.

B O aluno que selecionou essa alternativa não percebeu que a separação do Estado em poderes visa fortalecê-lo, justamente o oposto do que indica a alternativa.

C O aluno que selecionou essa alternativa considerou corretamente que a existência dos três poderes fortalece e garante a democracia nos países em que existe.

D O aluno que selecionou essa alternativa não compreendeu que a divisão do Estado em poderes contribui para a organização − e não desorganização − das decisões em um país.

Ápis - Matemática - 3º ano - BY NC 3.0BR

Pedro vai comprar um aparelho de som que custa R$ 800,00 e vai pagá-lo em dinheiro. Ao verificar o dinheiro que já tem na carteira, ele descobre que tem R$ 550,00.

Quais notas Pedro pode sacar no caixa eletrônico do banco para ter a quantia necessária para a compra?



( a )

( b )

( c )

( d )

Resposta:

Resposta: D

Objeto de conhecimento (BNCC) Sistema monetário brasileiro: estabelecimento de equivalências de um mesmo valor na utilização de diferentes cédulas e moedas.

Habilidade (BNCC) (EF03MA24) Resolver e elaborar problemas que envolvam a comparação e a equivalência de valores monetários do sistema brasileiro em situações de compra, venda e troca.

Tipo de questão Múltipla escolha

Unidade 1

Justificativa​

a O aluno pode ter feito o reconhecimento errado da nota de R$ 20,00, pensando ser uma nota de R$ 200,00, que não existe.

b O aluno possivelmente errou no cálculo da diferença entre o preço do aparelho de som e a quantia que Pedro tinha na carteira.

c O aluno possivelmente errou no cálculo da diferença entre o preço do aparelho de som e a quantia que Pedro tinha na carteira, ou errou na identificação da quantia representada pelas notas.

d Pedro precisa de R$ 800,00 – R$ 550,00 = R$ 250,00. Assim, podem ser 3 notas de R$ 50,00 e 1 nota de R$ 100,00, pois: R$ 50,00 + R$ 50,00 + R$ 50,00 + R$ 100,00 = R$ 250,00.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Leve para a sala de aula algumas notas de brinquedo para simular concretamente as quantias. É adequado mostrar ao aluno as equivalências entre quantidades diferentes de notas, como 2 notas de R$ 50,00 equivalem a 1 nota de R$ 100,00.

Ápis - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Acompanhe a leitura de um trecho de cantiga popular.

Borboleta pequenina Saia fora do rosal Venha ver as lindas flores Que hoje é dia sem igual [...]

Rosal: quer dizer roseiral.

Domínio público.

Nesse trecho da cantiga, alguém pede à borboleta que saia do roseiral. Assinale a alternativa que explica a razão desse pedido:



( a )

A borboleta deve sair para ver como o dia está bonito. 

( b )

A borboleta deve sair, pois há outras flores para ver. 

( c )

A borboleta precisa sair para não se machucar nas rosas. 

( d )

A borboleta deve sair porque não haverá mais dia igual a esse.

Resposta:

Resposta: B

Objeto de conhecimento (BNCC)  Deduções e inferências de informações

Habilidade (BNCC)  (EF03LP10) Inferir informações implícitas de fácil identificação, em textos

Tipo de questão Múltipla escolha

Justificativa (Destaque em amarelo na letra da alternativa correta)

A O aluno infere a razão do pedido de forma errada, pois não se apropriou do sentido do texto.

B O aluno infere a razão do pedido por ter se apropriado do sentido do texto.

C O aluno não atenta para os dados imediatos do texto e produz uma inferência que não tem relação com o que está expresso.

D O aluno não atenta para os dados imediatos do texto e produz uma inferência que não tem relação com o que está expresso.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

Esta é uma questão em que o aluno deve inferir a causa, a razão do pedido – sair do rosal para ver outras flores. A inferência é simples, pois há elementos explícitos que expressam a ideia. A dificuldade reside na necessidade de o aluno relacionar o que está expresso com a ideia de causa, razão, motivo.

Para desenvolver a habilidade de produzir inferências em relação aos textos lidos, o professor deve realizar a leitura compartilhada de diversos textos, estimulando que o aluno inicialmente localize informações explícita e, oralmente, estimule o aluno a deduzir sentidos não explícitos a partir dos dados localizados.

É fundamental exercitar essa habilidade, pois não há processo de interpretação pleno se os alunos não chegarem a deduções e inferências de sentido.

Ápis - Matemática - 1º ano - BY NC 3.0BR

MARCOS GOSTA MUITO DE IR A PARQUES DE DIVERSÃO COM A FAMÍLIA E OS AMIGOS.

COMPLETE ESTA AFIRMAÇÃO COM AS PALAVRAS MAIS ADEQUADAS.

O CARROSSEL É MAIS ________ DO QUE A RODA GIGANTE,

POIS A MEDIDA DA ALTURA DELE É ________

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Medidas de comprimento, massa e capacidade: comparações e unidades de medida não convencionais.

Habilidade (BNCC) (EF01MA15) Comparar comprimentos, capacidades ou massas, utilizando termos como mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais grosso, mais fino, mais largo, mais pesado, mais leve, cabe mais, cabe menos, entre outros, para ordenar objetos de uso cotidiano.

Tipo de questão Aberta

Unidade 1

Grade de correção

√ O aluno conseguiu identificar que o carrossel tem medida de altura menor do que a roda gigante e, por isso, ele é mais baixo do que ela.

X O aluno não conseguiu comparar a medida da altura do carrossel e da roda gigante e/ou não soube utilizar corretamente os termos mais alto, mais baixo, maior e menor.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Proponha ao aluno experimentações e classificações que permitam a retomada das comparações de medida de altura utilizando os termos mais alto e mais baixo. Por exemplo, comparando a medida da altura do aluno e de um colega. Explore também outras comparações de grandezas utilizando termos como mais curto e mais comprido (com lápis de cor), mais fino e mais grosso (com livros), mais leve e mais pesado (com brinquedos).

Ápis - Matemática - 5º ano - BY NC 3.0BR

Durante uma aula de Geometria, o professor de Tamires levou para a sala de aula 4 figuras impressas. Veja as figuras que ele apresentou aos alunos.

Qual dessas figuras não é um polígono? 



( a )

( b )

( c )

( d )

D

Resposta:

Resposta: D

Objeto de conhecimento (BNCC) Figuras geométricas planas: características, representações e ângulos.

Habilidade (BNCC) (EF05MA17) Reconhecer, nomear e comparar polígonos, considerando lados, vértices e ângulos, e desenhá-los, utilizando material de desenho ou tecnologias digitais.

Tipo de questão Múltipla escolha

Unidade 2

Justificativa

a. O aluno pode ter acreditado que essa figura não é um polígono porque não se trata de um polígono regular.

b. O aluno pode ter se confundido e não ter reconhecido o quadrado como um polígono. Também é possível que o aluno saiba que a figura é um quadrado, mas não conheça o conceito de polígono.

c. O aluno pode ter acreditado que essa figura não é um polígono porque não se trata de um polígono regular.

d. O aluno percebeu que essa figura não é formada somente por segmentos de reta e, portanto, não pode ser classificada como polígono (contorno formado apenas por segmentos de reta que não se cruzam).

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Retome com o aluno algumas atividades sobre reconhecimento e classificação de polígonos, caracterizando as diferentes figuras geométricas planas. Se julgar interessante, mostre ao aluno diferentes figuras geométricas (polígonos e não polígonos) e oriente-o a indicar quais são as diferenças e as semelhanças entre as figuras, classificando-as e organizando-as em grupos.

Ápis - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

LEIA, COM O PROFESSOR, A LETRA DA CANTIGA.

CIRANDINHA

CIRANDA, CIRANDINHA, VAMOS TODOS CIRANDAR, VAMOS DAR A MEIA VOLTA, VOLTA E MEIA VAMOS DAR.

O ANEL QUE TU ME DESTE, ERA VIDRO E SE QUEBROU, O AMOR QUE TU ME TINHAS, ERA POUCO E SE ACABOU

DOMÍNIO PÚBLICO.

O VERSO QUE MOSTRA O QUE ACONTECEU COM O ANEL É:



( a )

“ERA VIDRO E SE QUEBROU”.

( b )

“ERA POUCO E SE ACABOU”. 

( c )

“VAMOS TODOS CIRANDAR”. 

( d )

“O ANEL QUE TU ME DESTE”.

Resposta:

Resposta: A

Objeto de conhecimento (BNCC) Localização de informações em textos

Habilidade (BNCC) (EF02LP12) Localizar, em textos curtos, informações pontuais.

Tipo de questão Múltipla escolha Justificativa (Destaque em amarelo na letra da alternativa correta)

A. O aluno consegue localizar a informação pontual pedida no enunciado.

B. O aluno não localiza a informação pedida.

C. O aluno não localiza a informação pedida.

D. O aluno não localiza a informação pedida.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Junto com os alunos, ler, cantar e ouvir cantigas populares. É importante garantir que os alunos estejam atentos e que compreendam o significado do que é lido, cantado e ouvido. Uma das etapas fundamentais é a localização de informações explícitas, sem o que o processo de interpretação do texto ficará comprometido. Uma sugestão de atividade é fazer a leitura compartilhada de textos enquanto o aluno acompanha e pinta com cores diferentes as informações que o professor for solicitando.

Ápis - Ciências - 5º ano - BY NC 3.0BR

Durante as férias, Miguel visitou um parque e tirou a fotografia abaixo. Esse parque está localizado entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Miguel mostrou essa fotografia para os colegas de sala de aula, e eles concluíram que a vegetação encontrada no parque é típica 



( a )

dos Pampas, pois apresenta predomínio de vegetação rasteira. 

( b )

do Pantanal, pois apresenta vegetação rasteira, plantas aquáticas e arbustos. 

( c )

da Mata Atlântica, pois apresenta extrato rasteiro, herbáceo, muitas árvores de diferentes portes e plantas epífitas. 

( d )

da Caatinga, pois apresenta plantas típicas de regiões mais secas.

Resposta:

Resposta C

Objeto de conhecimento Plantas; áreas verdes

Habilidade Analisar imagens de paisagens, diferenciando-as em relação ao aspecto da vegetação e elaborando textos descritivos que indiquem os aspectos observados.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

a O aluno que seleciona essa alternativa sabe que nos Pampas predominam as plantas rasteiras, mas relaciona isso incorretamente com a imagem apresentada. Além disso, desconhece que, no Brasil, essa vegetação ocorre somente na região Sul.

b O aluno que seleciona essa alternativa ignora a ausência de plantas aquáticas na foto. Também relaciona incorretamente o Pantanal com a região geográfica onde foi tirada a foto (entre RJ e MG).

c O aluno que seleciona essa alternativa identifica e diferencia características do aspecto da vegetação da Mata Atlântica em relação à outros biomas.

d O aluno que seleciona essa alternativa identifica incorretamente a imagem como sendo a paisagem da Caatinga. Também relaciona incorretamente a Caatinga com a região geográfica onde foi tirada a foto (entre RJ e MG).

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode passar em sala de aula vídeos que mostrem as diferentes vegetações presentes no Brasil. Além disso, os alunos podem desenhar como é a vegetação dos principais biomas brasileiros. Depois, o professor pode organizar uma exposição com esses desenhos.

Ápis - PNLD 2019 Interdisciplinar - 3º ano - BY NC 3.0BR

Espaço público é aquele de uso comum e que pertence a todos. O espaço doméstico é restrito, ou seja, não é de uso ou de acesso de todos.

Identifique, nas alternativas abaixo, quais são considerados espaços públicos de uma cidade. 



( a )

A rua e a praça. 

( b )

O ônibus e o seu quarto. 

( c )

A cozinha de sua moradia e o parque. 

( d )

A rua e a sala de sua moradia.

Resposta:

Resposta: A

Objeto de conhecimento (BNCC) A cidade e seus espaços: espaços públicos e espaços domésticos

Habilidade (BNCC) (EF03HI09) Mapear os espaços públicos no lugar em que vive (ruas, praças, escolas, hospitais, prédios da Prefeitura e da Câmara de Vereadores etc.) e identificar suas funções.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 2

Justificativa

A. O estudante que selecionou esta alternativa reconheceu corretamente a rua e a praça como espaços públicos.

B. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que seu próprio quarto faz parte de um espaço doméstico.

C. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que a cozinha de sua moradia é um espaço doméstico.

D. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que a sala de sua moradia é um espaço doméstico.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode utilizar a própria vivência dos estudantes para explicar o que é espaço público e espaço doméstico nos ambientes que eles frequentam, como escola, praças, lojas etc., trazendo para a discussão o que eles acham que é acessível a todos ou não etc. É interessante levar para a escola imagens de diferentes espaços e pedir aos estudantes que as classifiquem em públicos e domésticos.

Ápis - Geografia - 3º ano - BY NC 3.0BR

As populações tradicionais do Brasil têm um modo de transmissão de conhecimentos particular. Assinale a alternativa que descreve corretamente essa transmissão.



( a )

O conhecimento é passado por meio de livros, na forma escrita. 

( b )

O conhecimento é passado pela Igreja, na forma escrita. 

( c )

O conhecimento é passado de pais para filhos, na forma oral. 

( d )

O conhecimento é passado de homens para mulheres, na forma oral.

Resposta:

Resposta - C

Objeto de conhecimento (BNCC) A cidade e o campo: aproximações e diferenças

Habilidade (BNCC) (EF03GE03) Reconhecer os diferentes modos de vida das populações tradicionais em distintos lugares

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 2

Justificativa

A O aluno não compreendeu como se dá a transmissão de conhecimentos nas populações tradicionais.

B O aluno não compreendeu como se dá a transmissão de conhecimentos nas populações tradicionais.

C O aluno compreendeu como se dá a transmissão de conhecimentos nas populações tradicionais.

D O aluno não compreendeu como se dá a transmissão de conhecimentos nas populações tradicionais, apesar de reconhecer que ela é feita de forma oral.

Ápis - PNLD 2019 Interdisciplinar - 1º ano - BY NC 3.0BR

OBSERVE AS FOTOGRAFIAS A SEGUIR E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA.



( a )

A CRIANÇA DA FOTOGRAFIA 2 NÃO MOVIMENTA NENHUMA PARTE DO CORPO AO JOGAR O JOGO DE CELULAR. 

( b )

MOVIMENTAR O CORPO FAZ MAL À SAÚDE. 

( c )

AS CRIANÇAS DA FOTOGRAFIA 1 ESTÃO MOVIMENTANDO MAIS O CORPO DO QUE A CRIANÇA DA FOTOGRAFIA DA DIREITA. 

( d )

AS CRIANÇAS DA FOTOGRAFIA 1 ESTÃO BRINCANDO DE PULAR CORDA.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) A vida em casa, a vida na escola e formas de representação social e espacial: os jogos e brincadeiras como forma de interação social e espacial

Habilidade (BNCC) (EF01HI05) Identificar semelhanças e diferenças entre jogos e brincadeiras atuais e de outras épocas e lugares.

Tipo de questão Múltipla escolha

Capítulo 1

Justificativa

A. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que, ao jogar jogos de celular, a criança da fotografia da direita movimenta os dedos das mãos.

B. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que movimentar o corpo faz bem à saúde.

C. O estudante que selecionou esta alternativa compreendeu que, ao brincar no gira-gira no parque, as crianças da fotografia da esquerda movimentam mais o corpo do que a criança da fotografia da direita.

D. O estudante que selecionou esta alternativa não compreendeu que as crianças da fotografia da esquerda estão brincando no gira-gira.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode pedir aos estudantes que citem alguns tipos de brincadeiras e, em seguida, conversem sobre cada uma delas, comentando qual movimenta mais o corpo, quais partes do corpo são movimentadas e se existem variações dessas brincadeiras no território brasileiro ou mesmo em outros países. Além disso, pode-se mencionar diferenças entre as brincadeiras, como o número de pessoas necessárias, se é realizada ao ar livre ou não, o grau de interação entre os participantes etc.

Avaliação Integrada de Aprendizagem - PNLD 2020 Interdisciplinar - 7º ano - BY NC 3.0BR

Releia o seguinte trecho.

Em frente à minha casa tem outra casa, pequena, de madeira, azul com janelas brancas. [...]

A expressão destacada no trecho serve para descrever a casa de dona Cotinha e tem a função de

 



( a )

pronome possessivo.

( b )

locução adjetiva.

( c )

adjetivo.

( d )

artigo.

Resposta:

A expressão “azul com janelas brancas” caracteriza a casa de dona Cotinha e assume a função gramatical de locução adjetiva.

Nível: fácil

Objetivos operacionais: identificar locução adjetiva; reconhecer termos que caracterizam nomes.

Avaliação Integrada de Aprendizagem - PNLD 2020 Interdisciplinar - 9º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto.

O grou e a garça

[...]

Era uma vez um grou e uma garça que viviam num pântano; tinham cabaninhas, cada uma numa extremidade do pântano. O grou estava farto de viver sozinho e resolveu se casar:

— Vou pedir a garça em casamento!

E lá foi o grou – flap, flap! – e voou sete verstas sobre o pântano. Finalmente chegou e perguntou:

— A garça está em casa?

— Está.

— Garça, case comigo!

— Não, grou, não vou me casar com você; suas pernas são longas demais, suas roupas são curtas demais; seu voo é precário e você não tem como me sustentar. Vá embora, seu pernalta!

O grou voltou para casa muito decepcionado. Mas depois a garça mudou de ideia e pensou consigo mesma:

— Por que tenho de viver sozinha? Seria melhor me casar com o grou!

Foi procurá-lo e disse:

— Grou, case-se comigo.

— Não, garça, não preciso de você. Não quero me casar e não vou me casar com você. Fora!

A garça chorou de vergonha e voltou para casa. O grou mudou de ideia e pensou consigo mesmo:

— Eu errei ao não me casar com a garça; é chato viver sozinho. Vou lá agora me casar com ela.

Foi procurá-la e disse:

— Garça, resolvi me casar com você: aceite ser minha.

— Não, grou, não vou ser sua.

E então o grou voltou para casa. Aí a garça mudou de ideia e pensou:

— Por que o recusei? Que vantagem há em viver sozinha? É melhor me casar com o grou!

E lá foi ela propor o casamento, mas dessa vez o grou recusou. E até hoje cada hora um propõe o casamento, mas ainda não se casaram.

AFANAS’EV, Aleksandr (Org.). O grou e a garça. In: Contos de fadas russos. São Paulo: Landy Livraria Editora, 2003. Volume 1. p. 96-97.

Glossário Farto – aborrecido; enfastiado; cansado. Versta – antiga medida russa para calcular distâncias, equivalente a 1,067 km. 

Com base na leitura do texto, pode-se afirmar que as personagens são



( a )

carinhosas. 

( b )

invejosas. 

( c )

indecisas. 

( d )

amorosas.

Resposta:

As personagens grou e garça são indecisas, pois em um momento querem se casar e logo em seguida não querem mais.

Estes materiais são parte integrante das coleções da editora Saraiva. Eles poderão ser reproduzidos desde que o título das obras e suas respectivas autorias sejam sempre citadas