Monte
sua
prova

Selecione as melhores questões em nosso banco de atividades

Começar
Entendi! Quero começar!

Filtrar

Organize sua prova

Arraste suas questões e solte-as aqui.

Arraste
e solte aqui

Escolha suas questões abaixo

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto abaixo e, em seguida, faça a atividade a seguir.

– ... eu nem te conto! – Conta, vai, conta! – Está bem! Mas você promete não contar para mais ninguém? – Prometo. Juro que não conto! Se eu contar quero morrer sequinha na mesma hora... – Não precisa exagerar! O que vou contar não é nada assim tão sério. Não precisa jurar. – Está bem... [...]

Abel Sidney. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2017.

Circule todos os verbos de todas as frases. Em seguida, some todos para saber quantos verbos há no texto que você leu e escreva o resultado abaixo.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Localização de informações em textos

Habilidade (BNCC) (EF03LP08) Localizar informações explícitas em textos.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno demonstrou habilidade para localizar os verbos, e circulou as seguintes palavras: conto, conta, conta, Está, promete, contar, Prometo, Juro, conto, contar, quero, morrer, precisa, exagerar, vou, contar, é, precisa, jurar. Totalizando, portanto, 19 verbos.

80% O aluno demonstrou habilidade para localizar os verbos no texto, mas não conseguiu circular todos. Apesar disso, identificou mais de 14 verbos.

50% O aluno identificou alguns verbos no texto, mas se esqueceu de parte considerável, circulando cerca de dez verbos.

0% O aluno apresentou grande dificuldade de localizar os verbos no texto, circulando quantidade igual ou inferior a cinco verbos.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

Os alunos podem apresentar dificuldades para localizar verbos em situações em que formas diferentes de um mesmo verbo se sucedem num período curto do texto, como é o caso de conto, contar ou conta. É possível que em casos de locução verbal os alunos se esqueçam de um dos componentes, como é o caso de precisa exagerar e vou contar. Apesar disso, é fundamental que os alunos saibam identificar o verbo no contexto sintagmático.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Observe os balões abaixo.

Localize e circule o recurso usado em histórias em quadrinhos que se encontra em 1B. Em seguida, explique qual é a função desse recurso.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Localização de informações em textos

Habilidade BNCC (EF05LP08) Localizar e organizar informações explícitas, na sequência em que aparecem no texto.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno localizou a onomatopeia PAF em 1B e explicou que a função dela é representar o som gerado por alguém que caiu, levou um tombo, um tapa ou se machucou, por isso vê estrelas. A variante dessa onomatopeia é PAFT.

80% O aluno circulou a onomatopeia PAF em 1B e explicou qual é a sua função. No entanto, em sua resposta há deslizes de ortografia e/ou de pontuação.

50% O aluno circulou a onomatopeia PAF em 1B, mas não soube elaborar uma resposta adequada sobre a sua função.

0% O aluno não circulou a onomatopeia PAF, mas outros recursos utilizados em histórias em quadrinhos, demonstrando dificuldade em localizar informação explícita. Além disso, não soube explicar qual é a função do recurso.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode verificar se os alunos conhecem a função dos demais recursos utilizados na questão. São eles: 1A: BANG: tiro; 1C: BOOM!: explosão; 2A: ?!?: dúvida seguida de espanto; 2B: AAARGH!: bravo, raivoso; 2C: notas musicais: alguém ouvindo música.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

AS PERSONAGENS DA HISTÓRIA CHAPEUZINHO VERMELHO SÃO A CHAPEUZINHO VERMELHO, O LOBO MAU, A VOVÓ, A MAMÃE E O CAÇADOR.

ORGANIZE OS NOMES DAS PERSONAGENS EM ORDEM ALFABÉTICA

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Escrita de palavras e frases

Habilidade (BNCC) (EF01LP16) Escrever, espontaneamente ou por ditado, palavras e frases de forma alfabética – usando letras/grafemas que representem fonemas.

Observações (EF01LP16) Escrever palavras e frases de forma alfabética.

Tipo de questão Aberta Capítulo 11

Grade de correção

100%. A criança acerta totalmente a ordem alfabética respondendo: 1. Caçador, 2. Chapeuzinho Vermelho, 3. Lobo Mau, 4. Mamãe, 5. Vovó.

80%. Nesse caso, o aluno troca as duas primeiras palavras que começam com c ou comete leves erros de legibilidade caligráfica e de transcrição ortográfica das palavras.

50%. O estudante troca três palavras de ordem.

0%. A criança não acerta nenhuma palavra na ordem.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode ditar para as crianças substantivos extraídos da obra Chapeuzinho Vermelho, que deverão ser escritos em ordem alfabética.

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto a seguir.

Vou à praia com o Paulo. Nós levaremos meus cachorros. O Billy e o Toby são os machos e a Laika é a fêmea. Se chover, isso será um problema. Os cachorros não gostam de ficar trancados dentro de casa e temos um quintal e um jardim, mas só aquele é coberto.

Texto elaborado pelos autores.

Identifique no texto todos os pronomes possessivos e demonstrativos. Em seguida, reescreva-os abaixo distribuindo-os correspondentes.

Pronomes possessivos

​                                       

​                                       

​                                       

​                                       

Pronomes demonstrativos

​                                       

​                                       

​                                       

​                                       

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Reflexão sobre os procedimentos estilístico-enunciativos do texto

Habilidade (BNCC) (EF03LP15) Recuperar substituições, ao longo do texto, de palavra por sinônimos (coesão lexical) ou por pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos (anáforas).

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno conseguiu identificar todos os casos de pronomes no texto, preenchendo a tabela da seguinte forma.

Pronomes possessivos - meus / minha

Pronomes demonstrativos - isso / aquele

80% O aluno conseguiu identificar todos os pronomes possessivos e demonstrativos, mas também incluiu nós, por exemplo, ou preencheu a tabela colocando um dos pronomes na coluna errada.

50% O aluno identificou apenas dois pronomes.

0% O aluno apresentou considerável dificuldade para identificar os pronomes pedidos.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

A capacidade de identificar a função morfológica de cada palavra no texto é fundamental. É possível que alguns alunos apresentem dificuldades diferentes com relação aos pronomes possessivos e demonstrativos, revelando maior depreensão de conteúdo de um tipo específico de pronome

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto a seguir e responda às questões.

CENA 2

(A senhora chega ao caixa do supermercado, onde trabalha uma jovem)

SUZANA – Bom dia, senhora dona Julieta. Como vai?

JULIETA – Bom dia, Suzana. Vou bem, e você?

SUZANA – Tudo bem! A senhora vai querer comprar sacolas plásticas para levar suas mercadorias?

JULIETA – Não é preciso, obrigada! Tenho comigo minha bolsa de palha (A senhora mostra a bolsa para Suzana).

SUZANA – Ah, que bom! Então vamos ter bolo hoje? (A jovem começa a passar as mercadorias pelo caixa).

JULIETA – Sim, farei um bolo de milho. Meus netos estão com uma vontade! Por isso levo farinha, ovos, leite e milho-verde. Quando terminar seu horário de trabalho aqui no supermercado, passe lá em casa para comer uma fatia!

Texto elaborado pelos autores.

O trecho que você acabou de ler faz parte de um texto de teatro. Isso se verifica pela sucessão de diálogos e pelas rubricas, indicando movimentos e atitudes das personagens. Identifique quais são as personagens envolvidas na cena e suas características.

Personagem 1: ______________________________

Personagem 2: ______________________________

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Elementos constitutivos do discurso dramático em prosa e versos

Habilidade (BNCC)

(EF04LP37) Identificar a organização do texto dramático: marcadores das interações entre as personagens, indicações sobre características prosódicas das falas, sobre movimentos em cena, indicações de cenários.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno conseguiu identificar as personagens como: dona Julieta, uma senhora de idade que vai ao supermercado comprar ingredientes para fazer bolo para seus netos, e Suzana, uma jovem que trabalha no caixa do supermercado.

80% O aluno conseguiu identificar as personagens como: dona Julieta, uma senhora de idade que compra ingredientes para fazer bolo para seus netos, e Suzana, uma atendente de supermercado, mas apresentou respostas incompletas ou com desvios de grafia.

50% O aluno identificou as personagens como dona Julieta, cliente do supermercado, e Suzana, funcionária do supermercado, mas apresentou dificuldades para localizar informações complementares acerca delas.

0% O aluno não conseguiu identificar as personagens nem suas características.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Identificar os turnos de fala numa sucessão de diálogos é fundamental não só para a decodificação do texto dramático, mas também para narrativas em prosa em que ocorram casos de diálogos extensos nos quais não haja intrusão de narrador para a marcação das falas. Esse exercício pode ser proposto com base em outros exemplos de diálogos em prosa ou em outros textos dramáticos.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto a seguir e responda à questão.

Seu filho tem medo do escuro?

Saiba [...] como minimizar os efeitos dessa fase

Basta apagar a luz do quarto para seu filho começar a chorar? Calma, ele não é o único. O medo do escuro é comum na infância e começa a aparecer por volta dos 3 anos e desaparece, em geral, aos 7.

Jéssica Zava. Seu filho tem medo do escuro? Disponível em:

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Reconstrução das condições de produção e recepção de textos

Habilidade BNCC (EF05LP11) Justificar quem produz o texto e qual é o público-alvo, analisando a situação sociocomunicativa.

Observações (EF05LP11) Justificar qual é o público-alvo, analisando a situação sociocomunicativa.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno identificou, por meio do título e do trecho “Basta apagar a luz do quarto para seu filho começar a chorar?”, que a reportagem é direcionada a pais e responsáveis por crianças. Resposta possível: “A reportagem é direcionada aos pais de crianças de 3 a 7 anos que tenham medo do escuro, uma vez que o texto pressupõe que o leitor tenha filhos”.

80% O aluno identificou e justificou quem é o público-alvo dessa reportagem. No entanto, o texto apresenta palavras escritas incorretamente e/ou com problemas de pontuação.

50% O aluno conseguiu apenas identificar que o público-alvo são os pais, mas não soube fundamentar. A resposta também apresenta deslizes de ortografia e pontuação.

0% O aluno não identificou nem justificou o possível público-alvo da reportagem ou o fez de modo equivocado.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É possível propor uma análise coletiva das situações comunicativas dos textos lidos na sala de aula. Uma das etapas dessa análise deve incluir a identificação do produtor desses textos e do público-alvo.

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto a seguir e responda à questão.

[...] Olhei para o lado — e lá estava ela, menina, dez anos, não mais. O seu rosto era redondo, corado e sorria para mim. “O senhor compra um pacotinho de balas de goma? Faz tempo que o senhor não compra…” Sorri para ela, dei-lhe uma nota de um real e ela me deu o pacotinho de balas. Ela ficou feliz. Aí a luz ficou verde e eu acelerei o carro, não queria que ela percebesse que meus olhos tinham ficado repentinamente úmidos.

Quando eu era menino, lá na roça, havia uma mata fechada. Os grandes, malvados, para me fazer sofrer, diziam que na mata morava um menino como eu. “Quer ver?”, eles perguntavam. E gritavam: “Ô menino!” E da mata vinha uma voz: “Ô menino!” Eu não sabia que era um eco. E acreditava. [...]

Rubem Alves. Por uma educação romântica. Campinas: Papirus, 2002. (Fragmento.)

Que acontecimento fez com que o narrador relembrasse um fato de sua infância?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Reflexão sobre os procedimentos estilístico-enunciativos do texto

Habilidade (BNCC) (EF04LP16) Inferir relações de causalidade que não aparecem de modo explícito no texto.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno percebeu que o narrador relembrou um fato da sua infância a partir do contato com a criança que vende balas no semáforo. A resposta apresenta estrutura completa e sem deslizes de ortografia e pontuação.

80% O aluno percebeu que o narrador relembrou um fato da sua infância a partir do contato com a criança que vende balas no semáforo. A resposta apresenta estrutura sintática completa, mas com alguns deslizes de ortografia e de pontuação.

50% O aluno apenas citou a criança que vende balas, sem amarrar os acontecimentos.

0% O aluno não soube responder ao que se pedia e citou como acontecimento, por exemplo, o trecho em que se fala da infância – os grandes e malvados que usavam o eco para fingir que havia alguém na mata.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor deve levar para a sala de aula textos de variados gêneros, como contos e notícias, e mostrar para os alunos relações de causalidade. Depois, ele pode pedir à classe que pesquise textos e façam o mesmo. É importante que haja espaço também para discutir o problema do trabalho infantil.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

LEIA O BILHETE QUE A FADA MADRINHA ESCREVEU.

GRIFE AS PALAVRAS QUE ESTÃO ERRADAS NESSE BILHETE.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Revisão do texto

Habilidade (BNCC) (EF01LP22) Rever, com a colaboração do professor e de colegas, o texto produzido individualmente ou em grupo.

Observações (EF01LP22) Rever o texto individualmente.

Tipo de questão Aberta Capítulo 12

Grade de correção

100%. O aluno consegue identificar as três palavras erradas: Cimderela, di, e atrasi.

80%. Uma palavra não foi grifada.

50%. Houve a identificação apenas de uma palavra errada.

0%. A criança não identifica nenhuma palavra grafada incorretamente.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É possível pedir, em outras atividades, que os alunos revisem e formem duplas, para, então, trocar informações sobre as revisões realizadas e as estratégias utilizadas. Depois, a correção pode ser feita na lousa, para que toda a classe participe.

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Complete a as frases abaixo considerando o grau superlativo dos adjetivos. Siga o modelo da primeira frase.

Pedro é muito inteligente. Pedro é inteligentíssimo.

Minha mãe é muito _____________________. Minha mãe é bravíssima.

Joana é muito minha _____________________. Joana é minha amicíssima.

A professora é muito cuidadosa. A professora é _____________________.

Mas este cachorro é feroz! Mas este cachorro é _____________________!

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Concordância nominal

Habilidade (BNCC) (EF04LP33) Identificar em textos e usar na produção textual a concordância entre artigo, substantivo e adjetivo (grupo nominal).

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno conseguiu preencher a tabela corretamente fazendo uso adequado do grau superlativo ou compreendendo adequadamente o superlativo quando usado: Pedro é inteligente. Pedro é inteligentíssimo. Minha mãe é muito brava. Minha mãe é bravíssima. Joana é muito minha amiga. Joana é minha amicíssima. A professora é muito cuidadosa. A professora é cuidadosíssima. Mas este cachorro é feroz! Mas este cachorro é ferocíssimo.

80% O aluno compreendeu adequadamente o superlativo em seus usos, mas não fez a devida flexão em, pelo menos, dois casos.

50% O aluno compreendeu adequadamente o superlativo em seus usos, mas não fez a devida flexão em, pelo menos, três casos.

0% O aluno não conseguiu completar a tabela, demonstrando, assim, grande dificuldade na compreensão do grau superlativo do adjetivo.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Além da demonstração de como um adjetivo em seu grau positivo transforma-se em superlativo, é igualmente importante que o aluno consiga reconhecer o superlativo em uso para, então, conseguir fazer a flexão para o grau positivo do adjetivo. Nesse sentido, é fundamental apresentar casos irregulares de flexão do superlativo, como bom – ótimo; mau – péssimo; grande – máximo, entre outros.

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

Identifique os animais que aparecem nas imagens escrevendo nas linhas correspondentes o nome de cada um deles.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Estruturas silábicas

Habilidade (BNCC) (EF02LP33) Ler e escrever corretamente palavras com sílabas CV, V, CVC, CCV, identificando que existem vogais em todas as sílabas.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno escreveu pato, gato, rato e sapo.

80% O aluno identificou o nome de todos os animais, porém escreveu um deles incorretamente. Possibilidade de escrita incorreta: rrato.

50% O aluno escreveu o nome de dois animais de forma incorreta.

0% O aluno escreveu o nome de todos os animais de forma incorreta.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Esta atividade visa identificar se os alunos já dominam, na fala e na escrita, palavras com as sílabas CV. Para ampliar o contato dos alunos com essas sílabas, eles podem ter contato com outras imagens de animais cujos nomes se escrevem com consoante e vogal. Para promover uma atividade lúdica e interativa, as imagens desses animais podem ser colocadas em um saco para que os alunos coloquem a mão e retirem uma imagem aleatoriamente. Ao pegar a imagem, o aluno deverá falar para toda a turma o nome do animal. Em seguida, todos deverão escrever o nome de cada um dos animais lidos. Exemplos de animais que podem ser representados nas imagens: vaca, cavalo, lobo, galo, macaco, tucano, jacaré, camelo, girafa, gorila.

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto no quadro abaixo.

Nós vamos à festa do Paulo? A gente pode nos divertir lá!

É comum que o pronome pessoal nós seja substituído por a gente. Quando isso ocorre, a frase precisa ser modificada para concordar com nós ou com a gente. O texto que você leu apresenta desvios em relação a essa concordância. Reescreva-o duas vezes. Na primeira, faça o verbo concordar com nós. Na segunda, faça concordar com a gente.

Nós

                                                                                                                                    

                                                                                                                                    

A Gente

                                                                                                                                    

                                                                                                                                    

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Concordância verbal

Habilidade (BNCC) (EF04LP32) Identificar em textos e usar na produção textual a concordância entre sujeito (substantivo ou pronome pessoal) e verbo (concordância verbal).

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno reescreveu o texto das seguintes formas: “Nós vamos à festa do Paulo? [Nós] Podemos nos divertir lá!”; “A gente vai à festa do Paulo? A gente pode se divertir lá!”.

80% O aluno reescreveu adequadamente, mas manteve algum desvio, como se divertir ligado a nós ou nos divertir ligado a a gente.

50% O aluno fez as substituições Nós/Nós e A gente/A gente, mas não realizou a concordância verbal.

0% O aluno não reescreveu ou reescreveu mantendo os mesmos desvios

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

É útil incentivar os alunos a perceberem os desvios de concordância na língua oral e a notar que a substituição do pronome nós por a gente é uma marca de coloquialidade, podendo, por isso, ser considerada inadequada em contextos comunicativos específicos. É preciso, no entanto, que os alunos percebam essas diferenças como variações próprias da língua e que tanto a correção quanto a incorreção do texto sejam definidas em face do contexto comunicativo.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Leia o trecho de conto a seguir e responda às questões.

A doida

O garoto empurrou o portão: abriu-se. Então, não vivia trancado? ...E ninguém ainda fizera a experiência. Era o primeiro a penetrar no jardim, e pisava firme, posto que cauteloso. Os amigos chamavam-no, impacientes. Mas entrar em terreno proibido é tão excitante que o apelo perdia toda a significação. Pisar um chão pela primeira vez; e chão inimigo. Curioso como o jardim se parecia com qualquer um; apenas era mais selvagem, e o melão-de-são-caetano se enredava entre as violetas, as roseiras pediam poda, o canteiro de cravinas afogava-se em erva. Lá estava, quentando sol, a mesma lagartixa de todos os jardins, cabecinha móbil e suspicaz.

Carlos Drummond de Andrade. Contos de aprendiz. Rio de Janeiro: Record, 2002.

*móbil: que se move.

*suspicaz: desconfiado.

Onde o menino havia entrado? Como esse local é descrito?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Elementos constitutivos do discurso narrativo ficcional em prosa e versos: estrutura da narrativa e recursos expressivos

Habilidade BNCC (EF05LP38) Identificar, em texto narrativo ficcional, a estrutura da narração: ambientação da história, apresentação de personagens e do estado inicial da ação; surgimento de conflito ou obstáculo a ser superado; ponto máximo de tensão do conflito; desenlace ou desfecho; discurso indireto e discurso direto, determinando o efeito de sentido de verbos de enunciação e explicando o uso de variedades linguísticas no discurso direto, quando for o caso.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno respondeu às duas perguntas sobre a ambientação da narrativa, demonstrando, portanto, que consegue identificar elementos constituintes de um conto. Sua resposta, além de pertinente ao conteúdo, está de acordo com a norma-padrão. Resposta esperada: “O menino entrou em um jardim, descrito como um lugar proibido, por ser chão inimigo. Além disso, o local é descrito como um jardim normal, apenas mais selvagem, com um melão-de-são-caetano enredado entre as violetas, roseiras sem poda, canteiro de cravinas junto com a erva. Também havia uma lagartixa”.

80% O aluno respondeu às duas perguntas e elaborou uma resposta completa e pertinente ao conto, mas cometeu deslizes em relação ao conteúdo gramatical já estudado, como erros de grafia e pontuação.

50% O aluno apenas respondeu a uma das perguntas, ou seja, conseguiu identificar o ambiente da narrativa, mas não as características de onde o garoto se encontra.

0% O aluno não conseguiu identificar o ambiente nem as características desse local. Assim, não respondeu à questão ou elaborou uma resposta incoerente com o conto.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Se houver tempo em sua programação, o professor pode ler integralmente o conto A doida, de Carlos Drummond de Andrade, com os alunos e motivá-los a identificar os elementos estruturais desse gênero: ambientação, apresentação das personagens, o conflito, o clímax, o tipo de discurso usado (direto, indireto ou indireto livre).

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

Acrescente nos finais dos versos palavras que rimam para criar um pequeno cordel. Use o quadro de palavras.

Na casa do senhor João havia uma ___________________ que fazia ___________________

Era o Sol raiar, senhor João sentava em seu ___________________ e contava os segundos pro programa _________________.

Texto elaborado pelos autores.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Revisão do texto

Habilidade (BNCC) (EF02LP26) Reler os textos produzidos, com a mediação do professor e colaboração dos colegas, para fazer cortes, acréscimos, reformulações, correções de ortografia e pontuação.

Observações (EF02LP26) Reler os textos produzidos para fazer cortes, acréscimos, reformulações, correções de ortografia e pontuação.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno criou rimas para os finais dos versos. Possibilidade de criação: Na casa do senhor João havia uma televisão que fazia a sua diversão. Era o Sol raiar Senhor João sentava em seu lugar e contava os segundos pro programa começar.

80% O aluno completou as lacunas com palavras que rimam, mas escreveu algumas delas incorretamente ou optou por palavras que não fazem sentido no texto.

50% O aluno completou as lacunas, mas deixou um ou dois versos sem rimas ou sem sentido.

0% O aluno não soube acrescentar rimas ao texto ou acrescentou apenas palavras que não rimam ou que não fazem sentido.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É recomendado o trabalho com dicionários em sala de aula a fim de facilitar a inserção das rimas no texto.

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Observe a notícia abaixo.

Garoto rouba cachorro do vizinho

Lucas, de 9 anos, abriu o portão da casa de seu Alcides, de 60 anos, e levou Tonico, o pequeno vira-lata de 6 anos. Lucas, que é apaixonado por bichos, sempre quis ter um cãozinho. A mãe, dona Aurora, diz sentir calafrios só de pensar.

Assim que descobriu o paradeiro de Bombom, seu Alcides perdoou o garoto, mas quis o animalzinho de volta. [...]

Texto elaborado pelos autores.

De acordo com a notícia, dona Aurora gostaria de ter um cachorro? Por quê? Responda com um trecho do texto.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Deduções e inferências de informações

Habilidade (BNCC) (EF04LP10) Inferir informações implícitas em textos.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno respondeu corretamente que dona Aurora não gostaria de ter um cachorro porque em “diz sentir calafrios só de pensar” é possível inferir que sente medo.

80% O aluno respondeu corretamente que dona Aurora não gostaria de ter um cachorro e também citou o trecho “diz sentir calafrios só de pensar”. No entanto, não relacionou a expressão sentir calafrios a medo.

50% O aluno apenas respondeu que dona Aurora não gostaria de ter um cachorro ou apenas citou o trecho “diz sentir calafrios só de pensar”.

0% O aluno demonstrou não compreender o texto e respondeu que dona Aurora gostaria de ter um cachorro, por exemplo.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É importante que sejam trabalhados em sala de aula textos que apresentem informações implícitas ou não tão claras. Dessa forma, os alunos são levados a aprofundar a leitura e a inferência de informações não pontuais.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Observe os itens apresentados a seguir. Enumere a segunda coluna de acordo com a primeira, relacionando as partes da estrutura de uma peça de teatro aos seus respectivos exemplos.

1. Diálogo 2. Cenário 3. Orientações sobre os movimentos dos personagens. 4. Título da obra e autor

(  ) Na ágora de Tebas, diante do palácio de Édipo, onde reina agora Creonte. Clareia o dia. (  ) Antígona Sófocles (  ) Ismênia Ah! Pobre infeliz! Eu me aflijo por ti! Antígona​ Não temas por minha vida; trata de salvar a tua. Ismênia​ Ao menos, não digas a ninguém o que vais fazer; guarda segredo, que eu farei o mesmo. (  ) (Sai Antígona; Ismênia entra no palácio. Entra o Coro, composto de anciões e tebanos, e saúda o sol que nasce.)

Sófocles. A trilogia tebana: Édipo Rei, Édipo em Colono, Antígona. Trad. Mario da Gama Kury. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 2011.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Elementos constitutivos do discurso dramático em prosa e versos

Habilidade BNCC (EF05LP40) Identificar a organização do texto dramático: marcadores das interações entre as personagens, indicações sobre características prosódicas das falas e de movimentos em cena, indicações de cenários.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno relacionou adequadamente os elementos que organizam um texto dramático às suas respectivas exemplificações. Respostas corretas: 2, 4, 1 e 3.

80% O aluno relacionou dois elementos que compõem a organização do texto dramático aos exemplos errados.

50% O aluno relacionou três elementos que compõem a organização do texto dramático aos exemplos errados.

0% O aluno relacionou todos os elementos que compõem a organização do texto dramático a exemplos errados. Assim, não conseguiu identificar os marcadores de interação, o título e o cenário.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Esta atividade pode ser repetida com outras peças de teatro. O professor pode solicitar que os alunos identifiquem os diferentes elementos que constituem o gênero textual. É interessante levar peças antigas e atuais para os alunos verificarem como a linguagem passa por alterações ao longo dos anos.

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Leia os textos I e II e o texto presente no quadro para responder ao que se pede.

I.

O analista de importação Leandro [...] foi quem encontrou a chave esquecida em uma moto, a guardou e deixou um bilhete ao dono, no domingo (10), em Santos, no litoral de São Paulo.

Analista atribui à filha ato de honestidade ao “salvar” moto: “Exemplo pra ela”. G1, 12 dez. 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017. (Fragmento.)

II.

Com a luta travada no solo [...] aplicou uma chave de braço [...], em movimento chamado de “helicóptero” no jiu-jítsu.

Ex-UFC, Diego Brandão vence luta na Rússia com finalização "helicóptero”. In: Esporte UOL, 30 jan. 2017. Disponível em: . Acesso em: 7 jan. 2018. (Fragmento.)

Cha.ve 1. objeto de metal que se introduz na fechadura com a finalidade de trancar ou destrancar portas e cadeados. 2. aquilo dá acesso ao conhecimento ou à compreensão de algo. 3. golpe que, utilizado nas lutas, é realizado com um ou ambos os braços, ou com as pernas, comprimindo parte do corpo do adversário. 4. sinal gráfico ({) utilizado para indicar que determinados itens formam um grupo. 5. símbolo de posse, autoridade.

Os textos I e II são trechos de notícias. A palavra chave é utilizada com significados diferentes em cada um deles. Com ajuda do quadro, escreva os dois significados que a palavra recebe. Depois, crie uma frase para cada um desses dois significados.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Uso do dicionário

Habilidade (BNCC) (EF04LP28) Localizar palavras no dicionário para esclarecer significados, reconhecendo o significado mais plausível para o contexto que deu origem à consulta.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno conseguiu identificar que no texto I chave foi utilizada com o significado 1, “objeto de metal que se introduz na fechadura com a finalidade de trancar ou destrancar portas e cadeados” e que no texto II chave foi utilizada com o significado 3, “golpe que, utilizado nas lutas, é realizado com um ou ambos os braços, ou com as pernas, comprimindo parte do corpo do adversário”. Além disso, criou frases obedecendo a esses significados.

80% O aluno conseguiu identificar os significados da palavra chave e criou as frases obedecendo a eles, mas cometeu deslizes em relação a pontuação, ortografia e concordância, por exemplo.

50% O aluno conseguiu identificar o significado contextual em apenas um dos textos, criando uma frase adequada, ou identificou o significado em ambos os textos, mas não criou as frases, por exemplo.

0% O aluno não conseguiu identificar os significados da palavra.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É de grande utilidade propor como atividade que os alunos, em grupos, procurem em textos a recorrência de palavras polissêmicas que apresentem significados distintos em contextos diferentes. Esse exercício deverá demandar a utilização do dicionário com alguma habilidade por parte dos alunos.

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto e responda ao que se pede.

[...] o Sr. Peixe chamou [...] Vermelho, Amarelo e Dourado, para alertá-los dos perigos que os cercavam quando saíam para brincar longe de casa. Falou sobre os pescadores que lançavam suas redes ao mar, das aves e de outros animais, entre eles, o gato, que se alimentavam de peixes.

Lenira Almeida Heck. Disponível em: . Acesso em: 8 nov. 2017.

Complete o quadro a seguir formando o diminutivo e o aumentativo de algumas personagens do texto:

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Aumentativo e diminutivo

Habilidade (BNCC) (EF02LP40) Formar o aumentativo e o diminutivo de palavras com os sufixos -ão e -inho/-zinho.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno completou o quadro da seguinte forma:

80% O aluno deixou de preencher uma lacuna do quadro ou preencheu uma lacuna incorretamente.

50% O aluno deixou de preencher duas lacunas do quadro ou preencheu duas lacunas incorretamente.

0% O aluno deixou de preencher as quatro lacunas, ou as preencheu incorretamente.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Para ampliar o vocabulário dos alunos e o contato com o aumentativo e o diminutivo, o professor pode levar imagens de diversos animais para a sala de aula. Depois, os alunos deverão colar as imagens em uma folha à parte ou no caderno e indicar o nome abaixo de cada uma delas. Depois, os alunos devem formar o diminutivo e o aumentativo de cada um dos animais representados.

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto abaixo preenchendo as lacunas das falas com ponto de interrogação ou ponto de exclamação.

— Ontem passei na venda e comprei alimentos fresquinhos__ Eu amo comer frutas e verduras bem fresquinhas__ Você também gosta__

— Claro__ Eu como todos os dias__

Texto elaborado pelos autores.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Pontuação

Habilidade (BNCC) (EF02LP37) Usar adequadamente ponto final, ponto de interrogação e ponto de exclamação.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno preencheu as falas com os seguintes sinais de pontuação: — Ontem passei na venda e comprei alimentos fresquinhos. Eu amo comer frutas e verduras bem fresquinhas! Você também gosta? — Claro! Eu como todos os dias!

80% O aluno deixou de colocar um sinal de pontuação em uma das frases ou errou um sinal de pontuação.

50% O aluno deixou de colocar dois ou três sinais de pontuação ou inseriu dois ou três sinais de pontuação incorretamente.

0% O aluno deixou de colocar ou errou todos os sinais de pontuação.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Pode-se promover uma atividade entre os alunos para reforçar o uso dos sinais de pontuação. Para isso, cada aluno deve ter em mãos uma folha com linhas. Depois, eles devem escrever uma frase completa, expressando-se a respeito de algo de que eles gostam de comer, usando a exclamação como pontuação. Possibilidade de frase: “Eu adoro comer salada com suco de laranja!”. Depois, cada um deve escrever a seguinte pergunta: “Você também gosta?”. Então, os alunos deverão trocar as folhas para que outro aluno responda ao questionamento feito usando ponto de exclamação ou ponto final. Possibilidades de respostas: “Salada com suco de uva é muito mais gostoso.”; “Eu também amo!”; “Eu prefiro pastel de queijo.”.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Leia a lenda a seguir e responda à questão.

A lenda do surgimento da noite

(Em uma versão do folclore indígena brasileiro)

Os três amigos estavam carregando o tucumã quando começaram a ouvir barulho de sapinhos e grilos que cantam à noite. Curiosos, resolveram abrir o tucumã para ver que barulho era aquele. Ao abri-la...

Maria José de Castro Alves e Maria Antonieta Pereira. (Org.). Lendas e mitos do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2018. (Fragmento).

*tucumã: palmeira nativa do Norte do Brasil e da América do Sul, com palmito e frutos comestíveis.

O que você acha que aconteceu quando os três amigos abriram o tucumã? Justifique a sua resposta.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Autodomínio do processo de leitura

Habilidade BNCC (EF35LP06) Estabelecer expectativas (pressuposições antecipadoras dos sentidos, da forma e da função do texto), apoiando-se em seus conhecimentos prévios sobre gênero textual, suporte e universo temático, bem como sobre saliências textuais, recursos gráficos, imagens, dados da própria obra (índice, prefácio etc.), confirmando antecipações e inferências realizadas antes e durante a leitura de textos.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno estabeleceu uma expectativa pertinente ao contexto da lenda em questão e justificou a sua resposta usando trechos do texto, como o título e/ou a descrição do barulho que vinha de dentro do tucumã, ou valeu-se de argumentos bem fundamentados em relação à história. Resposta possível: “Ao abrir o tucumã, os três amigos soltaram a noite, pois eles haviam ouvido barulho de sapinhos e grilos que cantam à noite”.

80% O aluno elaborou uma resposta completa e criou uma justificativa bem fundamentada. No entanto, cometeu deslizes gramaticais.

50% O aluno estabeleceu uma expectativa pertinente ao conteúdo, mas não soube justificá-la. Além disso, a resposta pode ter apresentado problemas relacionados aos conteúdos gramaticais já estudados.

0% O aluno não respondeu à questão ou não soube estabelecer uma expectativa em relação à lenda. Elaborou, assim, uma resposta incoerente.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário É recomendável que o professor priorize leituras protocoladas, ou seja, com pausas para questionamentos sobre o que foi lido e para o estabelecimento de expectativas. Perguntas como: “Com base no título, o que você acha que o texto vai contar?”; “O que você acha que vai acontecer com a personagem?”; “Qual é o possível fim para essa história?”, entre outras, auxiliam a despertar a curiosidade dos alunos para o texto que será lido.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

O FOLCLORE BRASILEIRO TEM MUITOS MITOS, LENDAS, BRINCADEIRAS E PERSONAGENS QUE EXPRESSAM A NOSSA CULTURA E ALGUMAS TRADIÇÕES POPULARES. VEJA UMA PERSONAGEM FAMOSA DO NOSSO FOLCLORE:

AGORA CRIE UMA LEGENDA INTERESSANTE PARA ESSA IMAGEM.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Textos de gêneros textuais diversos

Habilidade (BNCC) (EF01LP20) Escrever, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, agendas, bilhetes, recados, avisos, convites, listas e legendas para fotos ou ilustrações, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.

Observações (EF01LP20) Escrever legendas para fotos ou ilustrações, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto.

Tipo de questão Aberta Capítulo 12

Grade de correção

100%. Espera-se que os alunos desenvolvam uma legenda similar a: A temida Mula sem cabeça, especificando, assim, algum traço da personagem.

80%. A criança executa a tarefa com leves deslizes na caligrafia.

50%. Nesse caso, haveria, por exemplo, somente o reconhecimento do nome da personagem.

0%. O texto do aluno não apresenta coerência, não condiz com a personagem ou não está legível.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode levar imagens de outras personagens mitológicos e lendários brasileiros (por exemplo, o Boitatá, o Curupira, a Cuca) e solicitar às crianças que, em grupo, façam legendas para elas também.

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto e responda à questão a seguir.

Era bonito todos os dias de manhã passar pelas ruas do bairro a caminho da escola e ver as pessoas indo para o trabalho: o carteiro já vestido com seu uniforme; o pipoqueiro da praça empurrando o carrinho; o padeiro abrindo a padaria e espalhando aquele cheiro de pão fresquinho! Quando chegava à avenida, o motorista de sempre passava dirigindo o mesmo ônibus e buzinava quando me via.

Texto elaborado pelos autores

As palavras destacadas no texto mostram como são chamados alguns profissionais. No quadro abaixo, escreva as palavras primitivas (aquelas que dão origem a outras) na coluna da esquerda e as derivadas (que se formam de outras palavras) na coluna da direita. Note que algumas respostas já foram dadas.

Palavras primitivas Palavras derivadas   carteiro     pão   motor  

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Derivação prefixal e sufixal

Habilidade (BNCC) (EF03LP33) Reconhecer prefixos e sufixos produtivos na formação de palavras derivadas de substantivos, de adjetivos e de verbos, utilizando-os para compreender palavras e para formar novas palavras.

Observações Reconhecer sufixos produtivos na formação de palavras derivadas de substantivos.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno conseguiu estabelecer correspondência entre as palavras originais e as profissões formadas por derivações sufixais. Completou a tabela da seguinte forma:

Palavras primitivas - carta / pipoca / pão / motor

Palavras derivadas - carteiro / pipoqueiro / padeiro / motorista

80% O aluno conseguiu estabelecer correspondência entre as palavras originais e as profissões formadas por derivações sufixais, mas não identificou um caso, ou não fez a correspondência exata.

50% O aluno apresentou dificuldades para estabelecer correspondência entre as palavras originais e as formadas por derivações sufixais em até dois casos.

0% O aluno não conseguiu estabelecer correspondência entre as palavras originais e as formadas por derivações sufixais e completou a tabela de modo impreciso e não correspondente. 

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

Além de derivações sufixais para composição de profissões, o professor pode trabalhar em sala com derivações prefixais para a composição de antônimos, por exemplo. A atividade de levantamento de palavras com os alunos, após os primeiros exemplos fornecidos pelo professor, é fundamental.

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

A fábula abaixo está incompleta. Leia-a atentamente e elabore uma frase para finalizá-la.

Leve em consideração o título, o trecho apresentado e o fato de as fábulas trazerem ensinamentos.

O Cão e a Sombra

Um Cão levava na boca um pedaço de carne quando, ao passar por um riacho, viu no fundo da água a sombra da carne que parecia maior. Soltou a que levava nos dentes para tentar pegar a que via na água. [...]

Esopo. Adaptação de Joseph Shafan. Disponível em: . Acesso em: 8 dez. 2017.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Autodomínio do processo de leitura

Habilidade (BNCC) (EF02LP11) Formular hipóteses sobre o conteúdo de textos, com base em títulos, legendas, imagens e pistas gráficas, confirmando, ou não, as hipóteses realizadas.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% Ao levar em consideração o título, o gênero e o trecho lido, o aluno criou uma frase completa. Sugestões: “O cachorro foi guloso e perdeu a carne e a sombra dela.”; “O cão perdeu a carne e a sombra.”; “A verdadeira carne foi levada pela correnteza e o cão ficou sem nada.”.

80% O aluno elaborou uma frase completa e coerente com o excerto da fábula lida. Porém, ele não deixou claro o ensinamento ou a relação com o título.

50% O aluno elaborou uma frase pouco pertinente ao excerto da fábula lida. Além disso, o aluno pode ter errado a ortografia de algumas palavras e esquecido a relação com o título e o gênero.

0% O aluno elaborou uma frase incoerente com o excerto da fábula lida.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Após a realização e a correção desta atividade, ajude os alunos a formular outras hipóteses a partir do seguinte questionamento: “Se o cão não tivesse sido guloso e ganancioso, não teria largado a carne. Nesse caso, o que você acha que teria acontecido com ele?” Hipóteses a serem formuladas: “O cão teria terminado de atravessar o riacho e depois comeria a carne.”; “O cão teria perdido a carne de qualquer forma, por causa da correnteza.”.

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Leia o trecho de reportagem abaixo.

Nascendo junto a árvores

Em cidade fluminense, assim que nasce uma criança, nasce também uma árvore​

Em Itaperuna (RJ) uma árvore brasileira é plantada para cada criança que nasce. A iniciativa da cidade fluminense, na realidade, é semelhante a outras encontradas em várias cidades brasileiras. Trata-se de um programa que busca construir consciência ambiental desde o nascimento das crianças. Afinal, ninguém vai querer que a árvore plantada no dia do seu nascimento morra ou esteja malcuidada! [...]

Texto elaborado pelos autores

Agora responda: qual é o fato informado nessa reportagem? Onde ocorre esse fato?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Reflexão sobre a forma, a estrutura e a organização do texto

Habilidade (BNCC) (EF03LP14) Identificar, em notícias e reportagens, fatos, participantes, local e momento/tempo da ocorrência.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno conseguiu identificar que a reportagem trata de um programa na cidade de Itaperuna (RJ) que planta árvores para cada criança que nasce.

80% O aluno respondeu, mas se esqueceu de incluir o estado (RJ), por exemplo.

50% O aluno apresentou dificuldades para identificar o fato e escreveu apenas o local.

0% O aluno apresentou dificuldades para identificar tanto o fato como o local.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

A organização de uma reportagem é uma forma de estruturar recursos expressivos, desde o conteúdo informativo até sinais de pontuação. Por isso, práticas que coloquem os alunos como sujeitos ativos na produção textual os ajudarão a lidar com o uso desses recursos.

Vem voar - Língua Portuguesa - 5º ano - BY NC 3.0BR

Leia esta peça teatral. Observe que ela está em discurso direto.

Brincando no escuro

FRIDA – Nossa! Que legal a sua casa!

ZIGGY – Você acha?

FRIDA – Acho sim. (pausa. Frida fica admirada com a casa da amiga.) E agora? Vamos brincar de quê?

Carlos Antonholi. Brincando no escuro. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2018. (Fragmento.)

O texto que você leu dá indicações das falas de cada personagem e a reação delas em cena. Como é possível identificá-las?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Elementos constitutivos do discurso dramático em prosa e versos

Habilidade BNCC (EF05LP40) Identificar a organização do texto dramático: marcadores das interações entre as personagens, indicações sobre características prosódicas das falas e de movimentos em cena, indicações de cenários.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno identificou que as falas das personagens são antecedidas pelo nome delas escrito em letras maiúsculas (FRIDA/ZIGGY) e percebeu que a reação da personagem Frida em cena é informada entre parênteses.

80% O aluno identificou que as falas das personagens são antecedidas pelo nome delas escrito em letras maiúsculas (FRIDA/ZIGGY) e percebeu que a reação da personagem Frida em cena é informada entre parênteses. No entanto, apresentou deslizes ortográficos e/ou gramaticais.

50% O aluno identificou que as falas das personagens são antecedidas pelo nome delas escrito em letras maiúsculas (FRIDA/ZIGGY), mas não percebeu que a reação da personagem Frida em cena é informada entre parênteses – ou vice-versa.

0% O aluno não identificou que as falas das personagens são antecedidas pelo nome delas escrito em letras maiúsculas (FRIDA/ZIGGY) nem percebeu que a reação da personagem Frida em cena é informada entre parênteses.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Outros textos dramáticos podem ser trabalhados em sala de aula para que os alunos se habituem às formas de indicação de falas, de movimentos em cena e indicações de cenário.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

LIGUE AS PALAVRAS COM SENTIDO SEMELHANTE E DEPOIS AS COPIE.

CARINHOSO ENGRAÇADO CORAJOSO

DIVERTIDO AMOROSO VALENTE

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Sinonímia e antonímia

Habilidade (BNCC) (EF01LP36) Agrupar palavras pelo critério de aproximação de significado (sinonímia) e separar palavras pelo critério de oposição de significado (antonímia).

Tipo de questão Aberta Capítulo 11

Grade de correção

100%. Os pares são ligados adequadamente formando: 1. carinhoso/amoroso; 2. corajoso/valente; 3. engraçado/divertido. Depois, o aluno copia todos os pares corretamente.

80%. O aluno liga as palavras adequadamente, mas realiza pequenos deslizes ao copiá-las.

50%. A criança troca um par de palavras por outro e não copia todas as palavras corretamente.

0%. Todos os pares ficam errados e a criança não copia as palavras.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário A questão pode continuar sendo explorada em uma atividade oral na qual o docente solicita aos estudantes que falem duas palavras opostas para cada par de palavras sinônimas.

Vem voar - Língua Portuguesa - 4º ano - BY NC 3.0BR

Leia o texto a seguir.

José Dias amava os superlativos. Era um modo de dar feição monumental às ideias; não as havendo, servia a prolongar as frases. [...] Era magro, chupado, com um princípio de calva; teria os seus cinquenta e cinco anos. Levantou-se com o passo vagaroso do costume, não aquele vagar arrastado dos preguiçosos, mas um vagar calculado e deduzido. [...] Um dever amaríssimo!

Machado de Assis. Dom Casmurro. Disponível em: . Acesso em: 8 dez. 2017. 

a) Neste trecho, há um adjetivo no grau superlativo. Circule-o e escreva, nas linhas abaixo, de que forma você chegou a essa conclusão.

b) Que termo esse adjetivo qualifica?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Concordância nominal

Habilidade (BNCC) (EF04LP33) Identificar em textos e usar na produção textual a concordância entre artigo, substantivo e adjetivo (grupo nominal).

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno circulou o superlativo amaríssimo e escreveu que chegou à conclusão ao ler o sufixo -íssimo. Depois, apontou corretamente o fato de o adjetivo qualificar dever.

80% O aluno circulou o superlativo amaríssimo no trecho e também apontou corretamente o fato de qualificar dever, mas não citou o sufixo -íssimo.

50% O aluno apenas circulou o superlativo amaríssimo no trecho.

0% O aluno não identificou o superlativo e, portanto, não respondeu adequadamente a nenhuma das questões.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode perguntar para os alunos se eles sabem de qual adjetivo deriva o superlativo amaríssimo, explicando que deriva de amargo e que pode provocar equívocos num primeiro momento por parecer derivado do verbo amar. O professor deve apresentar outros casos de superlativos que derivam diretamente de radicais latinos e que podem apresentar dificuldades para uma compreensão imediata de seu significado, como celebérrimo, paupérrimo, crudelíssimo, dulcíssimo, sapientíssimo, sacratíssimo, entre outros.

Vem voar - Língua Portuguesa - 2º ano - BY NC 3.0BR

Faça uma leitura silenciosa deste trecho de cordel.

[...] Leão era rei dos bichos onça era professora elefante era juiz a raposa era rendeira o camelo era correio a aranha tecedeira

O boi era general e o galo corneteiro o porco soldado raso o veado era vaqueiro coelho chefe do mato o macaco era ferreiro [...]

José Bernardo da Silva. Disponível em: . Acesso em: 8 dez. 2017.

Agora responda: o trecho fala sobre o quê?

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Fluência de leitura para a compreensão do texto

Habilidade (BNCC) (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com nível de textualidade adequado, silenciosamente e, em seguida, em voz alta.

Observações (EF02LP09) Ler, com autonomia e fluência, textos curtos, com nível de textualidade adequado, silenciosamente.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 8

Grade de correção

100% O aluno elaborou uma resposta completa e pertinente ao trecho, que fala dos animais que se ocupam de profissões humanas.

80% O aluno deu uma resposta coerente com o trecho, mas apresentou desvios ortográficos, como a letra minúscula no início da frase e/ou não colocou ponto final e/ou errou a grafia de algumas palavras.

50% O aluno elaborou uma resposta coerente com o assunto do trecho, porém escreveu uma frase incompleta. Possibilidade de frase incompleta: “É sobre as profissões dos animais.”.

0% O aluno não conseguiu interpretar o trecho. Logo, não soube reconhecer sobre o que ele trata, elaborando uma resposta totalmente incoerente. Possibilidade de resposta incoerente: “O texto fala sobre a festa dos animais na floresta.”.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário Os alunos podem fazer uma leitura em voz alta do cordel em conjunto. Depois, é oportuno fazer alguns questionamentos pontuais sobre a profissão de alguns dos animais para que eles localizem no texto.

Vem voar - Língua Portuguesa - 3º ano - BY NC 3.0BR

Preste atenção aos prefixos abaixo.

a- / des- /  i- /  in-

Agora complete as lacunas dos itens a seguir formando, com os prefixos do quadro, palavras derivadas das que estão em destaque.

a) ___________________ é o contrário de feliz. b) ___________________ é o contrário de moral. c) ___________________ é o contrário de letrado. d) ___________________ é o contrário de fazer.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Derivação prefixal e sufixal

Habilidade (BNCC) (EF03LP33) Reconhecer prefixos e sufixos produtivos na formação de palavras derivadas de substantivos, de adjetivos e de verbos, utilizando-os para compreender palavras e para formar novas palavras.

Tipo de questão Aberta

Capítulo 7

Grade de correção

100% O aluno preencheu da seguinte forma: a) infeliz; b) amoral; c) iletrado; d) desfazer.

80% O aluno preencheu três itens adequadamente, mas repetiu um dos prefixos no quarto item, deixando, assim, de utilizar todos os prefixos do quadro.

50% O aluno se equivocou ao preencher dois itens.

0% O alunou não preencheu adequadamente nenhum dos itens.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário

Uma sugestão de retomada da atividade é apresentar, na lousa, uma lista de substantivos, verbos e adjetivos e pedir aos alunos que adicionem a essas palavras os prefixos de negação correspondentes, formando, assim, novas palavras.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

MUITOS ALIMENTOS QUE CONSUMIMOS SÃO DE ORIGEM ANIMAL. OBSERVE AS IMAGENS ABAIXO.

AGORA CRIE UM PEQUENO TEXTO PARA AS TRÊS FOTOS.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Recursos de criação de efeitos de sentido

Habilidade (BNCC) (EF01LP39) Construir, pela observação da sequência de imagens, o sentido de uma narrativa visual (livros de imagem, histórias em quadrinhos).

Tipo de questão Aberta Capítulo 10

Grade de correção

100%. Constrói-se um significado coerente para a sequência das três imagens. Exemplo de texto: A vaca produz o leite que bebemos e o queijo é feito do leite da vaca.

80%. O sentido da sequência de imagens é construído, mas há erros leves de legibilidade na caligrafia.

50%. A criança explica somente uma das imagens ou apresenta erros consideráveis na legibilidade caligráfica.

0%. A letra da criança é ilegível ou ela escreve algo aleatório que não tem relação com as imagens.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode aproveitar a oportunidade para explicar que não existe somente leite de vaca e que outros animais, como ovelhas e cabras, produzem leite, cujos derivados também podem ser consumidos pelas pessoas, como queijos e iogurtes. O professor também pode retomar a exploração da sequência narrativa de imagens levando livros para as crianças trabalharem em grupo na construção da história que contam os desenhos. Em seguida, cada grupo conta a sua história enquanto o professor verifica a coerência entre o reconto e as imagens.

Vem voar - Língua Portuguesa - 1º ano - BY NC 3.0BR

VEJA AS IMAGENS ABAIXO E COMPLETE AS PALAVRAS COM CH OU X.

Resposta:

Objeto de conhecimento (BNCC) Consciência grafofonêmica

Habilidade (BNCC) (EF01LP30) Completar palavras com fonema/letra inicial ou medial, com base na escuta da palavra ou em desenho que a represente.

Tipo de questão Aberta Capítulo 10

Grade de correção

100%. Preenche-se as cinco palavras corretamente, formando: chapéu, xícara, chaves, guarda-chuva e peixe.

80%. A criança erra uma palavra.

50%. O aluno comete dois ou três erros.

0%. Nenhuma palavra é completada corretamente e/ou a criança usa outras letras para preencher aleatoriamente os vocábulos.

Orientação para pautar o planejamento de retomada do objeto de conhecimento e da habilidade relacionada, se necessário O professor pode retomar as letras que representam esse fonema em sala estimulando as crianças a falarem novas palavras com ele e escrevendo-as no quadro com ch e x faltando, a fim de que os alunos digam como completar os termos. Exemplo: chuchu, flecha, xalé, chifre, xadrez, chaminé, etc.

 

Estes materiais são parte integrante das coleções da editora Saraiva. Eles poderão ser reproduzidos desde que o título das obras e suas respectivas autorias sejam sempre citadas